Zenit deixa estádio e retorna a arena reformada para a Copa 2018

Do UOL, em São Paulo

  • FC Zenit/Divulgação

    Estádio Petrovsky (foto) será destinado apenas a eventos, como concertos musicais

    Estádio Petrovsky (foto) será destinado apenas a eventos, como concertos musicais

O Zenit St. Petersburg, clube que disputa a primeira divisão russa, vai se despedir neste final de semana de seu estádio, o Petrovsky.

A equipe atuava no local desde 2007, quando o Estádio Kirov, sua antiga arena, foi demolido para dar lugar o Estádio Krestovsky. Conhecida também como Zenit Arena, a instalação em questão tem mais de 68 mil lugares e será sede de jogos na Copa das Confederações (2017) e da Copa do Mundo (2018).

A mudança acontece menos de uma semana após um atentado terrorista na cidade. Na segunda-feira, uma bomba foi detonada no metrô de São Petersburgo, matando 11 pessoas.

Em seu último jogo no Estádio Petrovsky, o Zenit irá receber o Anzhi Makhachkala neste domingo, em jogo pela 22ª rodada do Campeonato Russo. O time de São Petersburgo é o terceiro colocado da liga, com 42 pontos em 21 jogos, enquanto o Anzhi é o 13º (de 16 times), com 23 pontos.

Após a saída do Zenit, o Petrovsky deverá ficar sem um clube mandante. O local, porém, é frequentemente usado para receber eventos na cidade de São Petersburgo, como shows de rock.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos