Marcelo relembra o dia em que Real pensou em emprestá-lo

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Heino Kalis

    Marcelo conta que se recusou a ser emprestado logo após ter chegado ao Real, em 2007

    Marcelo conta que se recusou a ser emprestado logo após ter chegado ao Real, em 2007

Ídolo e titular absoluto do Real Madrid, Marcelo relembrou do dia em que a diretoria do time espanhol tentou emprestá-lo. O lateral brasileiro conta que pouco depois de sua chegada ao Real, em 2007, ele se recusou a jogar por empréstimo em outro clube.

"Quando eu tinha 18 anos, um representante da diretoria me chamou em seu escritório no Bernabeu e eu fui sozinho. Ele me disse que queriam me ceder para outro clube para que ei ganhasse experiência e que queriam que eu voltasse no ano seguinte. Eu disse que não queria deixar o Real".

"Foi meu pior momento porque eu sabia que a equipe não precisava de mim", acrescentou.

Marcelo disse que o então técnico do Real, Fabio Capello, foi quem bancou sua promoção ao time principal. No início, a diretoria do clube estudava colocar Marcelo, então com 18 anos, por um período no time B do Real.

"Quando eu cheguei me disseram que eu ia jogar no Castilla [time B do Real] e eu estava encantado com tudo. Mas o Capello disse que não, que eu teria que treinar com a equipe principal".

Aos 28 anos, Marcelo tem contrato até 2020, mas negocia a extensão do vínculo até 2022.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos