Ronaldinho descarta política e cogita virar atleta de futevôlei

Do UOL, em São Paulo

  • AgNews

    Ronaldinho Gaúcho quer ajudar futevôlei a se tornar modalidade olímpica

    Ronaldinho Gaúcho quer ajudar futevôlei a se tornar modalidade olímpica

Ronaldinho deu uma pausa no futebol e já faz planos para quando se aposentar. Em entrevista à revista Four Four Two, o jogador diz ter intenção de ajudar no crescimento do futevôlei. O meia-atacante cogita até mesmo participar de torneios de futevôlei.

"Eu também quero fazer mais pelo futevôlei, fazer com que seja um esporte olímpico. É um esporte que está crescendo. A liga mundial está crescendo e eu quero praticar para estar no nível dos jogadores que estão lá", disse Ronaldinho.

A modalidade futevôlei não está no cronograma dos Jogos Olímpicos.

Sobre seguir o caminho adotado por outros esportistas, como Romário e Bebeto, Ronaldinho diz não ter perfil para entrar na política.

"Política não é para mim", sorriu Ronaldinho.

Trabalhar com o irmão após o adeus aos campos?

Ronaldinho não descarta trabalhar com o irmão, Assis, na empresa de gerenciamento de atletas. Ele diz que é uma possibilidade quando pendurar as chuteiras.

Mas o meia-atacante aponta um entrave para função de "auxiliar do irmão": as reuniões. "Não suporto reuniões", comentou Ronaldinho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos