Treino sábado à noite, folga 0 e Messi: os bastidores da ascensão de Neymar

Pedro Lopes e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

No primeiro semestre do ano passado, antes de protagonizar a conquista do ouro olímpico com a seleção brasileira, Neymar viveu meses turbulentos. Na imprensa espanhola, foi acusado de cair de rendimento dentro de campo; fora, teve seu comprometimento questionado com base, principalmente, em um vídeo, no qual estourava uma garrafa de champanhe em Las Vegas enquanto desfalcava o Brasil na Copa América. A pressão levou o craque a uma greve de silêncio.

Cerca de um ano depois, em 2017, o cenário não poderia ser mais diferente: com a bola nos pés, é decisivo no Barcelona, tendo comandado a histórica virada sobre o Paris Saint-Germain nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Fisicamente, impressiona pelo arranque e velocidade (segundo levantamento feito na Espanha, é o jogador mais rápido do elenco catalão). Fora de campo, trocou os penteados espetaculares por um corte de cabelo convencional, voltou a falar com a imprensa e assumiu o papel de líder de uma seleção já classificada para a Copa e que reencontra o bom futebol.

Por trás da ascensão física e técnica de Neymar está um trabalho que começou há três anos, idealizado pelo pai do jogador. Além dos trabalhos com o Barcelona, o atacante conta com duas academias em suas casas, na Espanha e no Brasil, preparador físico e fisioterapeuta próprios, monitoramento de cada passo dentro de campo e nos treinamentos e uma rotina de treinos extracurriculares que incluem atividades aos sábados, à noite, e até em dias de jogos.

"Aqui não tem day off. Todo dia o Neymar treina alguma coisa"

Reprodução
Preparadores observam e relatam todas as partinas e treinamentos de Neymar no Barcelona

A frase é do pai do jogador que recebe relatórios regulares sobre o programa de treinamento, que tem como objetivo levar Neymar ao auge físico e técnico. Na Espanha, todos os treinos e jogos do atacante pelo Barcelona são monitorados pelo preparador físico Ricardo Rosa e pelo fisioterapeuta Rafael Martini, responsáveis pelos relatórios e por montar treinos de recuperação ou para complementar as atividades do jogador no clube.

"A gente acompanha toda a rotina dele, todas as atividades que envolvem o Neymar Jr. Ele vai para o treino, a gente acompanha tudo o que ele faz, a carga de treinamentos, os tipos de movimentos, para saber depois o que fazer na casa dele. Depois do treino a gente atua na recuperação, trabalhamos o dia inteiro, seja em preparação física, prevenção, recuperação. Os objetivos são a manutenção e a melhora de performance", explica Rafael Martini.

Lluis Gene/AFP Photo
Neymar não faltou a treinos e nem teve folga em 2016

O UOL Esporte teve acesso a detalhes e relatórios dos treinos individuais do jogador. Em um intervalo de um ano que inclui 2016, Neymar perdeu apenas oito treinamentos por questões médicas. Foram zero faltas e zero folgas em 218 treinos programados.

"Todos os dias ele faz alguma coisa com a gente, não me lembro o último dia que ele não fez nada com a gente, sempre alguma coisinha, seja preparação, seja prevenção. Estamos lá todos os dias, fim de semana, domingos, pós-partida", diz Martini.

Duas academias e treino até nos sábados à noite e após aniversário

Para exemplificar o trabalho feito, a reportagem teve acesso aos treinos individuais detalhados de Neymar durante intervalo de 22 dias em maio de 2016 – no período, o brasileiro trabalhou mobilidade, explosão e recuperação em sessões aos sábados à noite. O atacante treinou também na manhã seguinte ao seu aniversário, em fevereiro.

Para os treinamentos, foram montadas nas duas academias particulares do jogador com praticamente todos os aparelhos disponíveis no Barcelona, segundo Neymar pai. Os locais incluem equipamentos de treinos funcionais, musculação e fisioterapia, todos de última geração.

"O pai dele é o grande mentor disso tudo, o Neymar falou sobre a ideia um dia e o pai decidiu investir. A gente montou uma clínica, um consultório para atender ele, e uma academia também. Conseguimos montar a estrutura que ele tem aqui na casa dele em Barcelona no Brasil também, igual. É um investimento considerável que ele e o pai fizeram", explica o fisioterapeuta.

Reprodução/UOL
Relatório de treinos de Neymar mostra atividades aos sábados à noite

No início, o Barça relutou em aceitar que o jogador tivesse profissionais particulares complementando a preparação de seu jogador. Porém, os pedidos de Neymar e os resultados após os primeiros treinos individuais acabaram com a resistência.

A diferença dos períodos de treinamento entre os clubes brasileiros e espanhóis foi um dos motivos que estimularam a criação do projeto. No Brasil, são comuns treinos em dois períodos no mesmo dia, algo incomum no Barcelona, por exemplo.

"Ele treinava de manhã, dormia à tarde e à noite não tinha sono, demorava pra conseguir dormir. Com treino em dois períodos isso não acontece", disse o Neymar pai.

Hoje responsáveis pela preparação de Neymar, Ricardo Rosa e Rafael Martini também trabalhavam com o jogador no Santos em 2012. De lá para cá, ele ganhou cerca de 4 kg de massa muscular – hoje, segundo o jornal espanhol Marca, é o atleta mais veloz do Barcelona, chegando a atingir 34,83 km/h no duelo contra o Sporting Gijón, pela 25ª rodada do Campeonato Espanhol.

Lluis Gene/AFP Photo
Neymar atingiu mais de 34 km/h em duelo contra Sporting Gijón

"Em 2012, trabalhamos juntos no Santos, fiz uma avaliação, análise de potência muscular, com cálculos biomecânicos, explosão. Com 4 kg a menos, ele foi o segundo maior valor no Santos, lá atrás. Isso, com certeza, vem aumentando a longo do tempo. Ele tem mais massa muscular, e isso vem refletindo ao longo dos jogos", explica Martini.

Apesar do momento atual, nem o fisioterapeuta nem o pai do jogador acreditam que Neymar esteja no auge. "Ele sempre teve um desenvolvimento físico tardio, quando começamos o trabalho sabíamos que ele iria começar a alcançar essa potência após os 24 anos (o atacante está com 25 anos)", explica Neymar pai. Segundo ele, logo no início da carreira, exames detectaram que o jogador teria um amadurecimento físico tardio, que chegou agora.

Para Rafael Martini, Neymar ainda deve evoluir fisicamente nos próximos três anos. "Neymar tem só 25 anos, tem pelo menos mais cinco anos de topo, depois deve manter por algum tempo. Dos 25 aos 28, vejo ele subindo ainda, tem uma subida grande ainda para fazer, tende a melhorar fisicamente nos próximos anos. Chegando aos 28 anos deve ter um plateau, que é um período de manter o nível, e só depois que a tendência é que isso caia".

"Estamos fazendo um trabalho para ele chegar bem aos 34 anos", diz o pai.

Ascensão física carrega amadurecimento dentro e fora de campo

REUTERS/Pepe Marin

Além do aspecto físico e técnico, as mudanças e a fase de Neymar passam por um amadurecimento do próprio jogador – Neymar está visivelmente mais calmo em campo, confortável assumindo papel de liderança no Barcelona e na seleção. Para o pai, é algo que vem do próprio atacante, fruto da experiência e aprendizado com os momentos mais turbulentos.

"Experiência infelizmente é algo que não se transfere, e ele teve que apanhar um pouco. A Olimpíada acabou sendo um divisor de águas, ali, de certa forma, quase que se decidia o futuro de toda uma geração do futebol brasileiro", explica.

Manu Fernandez/AP Photo
Neymar se espelha nas atitudes de Messi dentro de campo

Segundo pessoas que cercam Neymar, o craque teve em Messi um exemplo de postura em campo, principalmente em como se relacionar com a arbitragem. Da tranquilidade do argentino e sua reticência em discutir com árbitros, tirou lições. Conversas constantes com Tite o levaram a, naturalmente, voltar a vestir a tarja de capitão no duelo contra o Paraguai e se tornar um dos principais líderes da seleção brasileira.

O jogador ainda tem constantemente a companhia de amigos fora de campo – sua casa em Barcelona chega a ter 40 pessoas em alguns momentos, a maioria familiares e amigos do Brasil. Neymar tem, inclusive, cozinheiras brasileiras para impedir que qualquer coisa, até a gastronomia, tirem seu foco do futebol.

Para quem o cerca, Neymar vive sua melhor fase na carreira, mas ainda tem mais a evoluir. Com contrato com o Barcelona até 2021 e uma Copa do Mundo pela frente, o atacante ainda deverá ter muitos sábados à noite de treinamentos na busca por levantar a taça do Mundial e ocupar o posto de melhor jogador do mundo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos