Conselho Fiscal do Inter desaprova contas de gestão passada

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeremias Wernek/UOL

    Vitório Píffero era o presidente do Internacional na gestão 2015/2016

    Vitório Píffero era o presidente do Internacional na gestão 2015/2016

A análise do Conselho Fiscal do Internacional sobre as contas da gestão passada apontou falhas de investimento. A partir delas, o documento, que será apresentado ao Conselho Deliberativo, deve gerar a reprovação dos gastos. 

O que irá ocorrer a partir disso é uma incógnita. Dependerá do Conselho Deliberativo as atitudes a serem tomadas. A desaprovação das contas não significa necessariamente algum tipo de desvio ou irregularidade, mas que ocorreram erros no controle de caixa. 
 
Através de seu site oficial, o Internacional convocou reunião do Conselho Deliberativo para o próximo dia 17. Nela, haverá a "apreciação do Relatório do Conselho de Gestão e exame e votação do Balanço Geral do exercício anterior, acompanhado do Demonstrativo dos Lucros e Perdas, e do Parecer fundamentado do Conselho Fiscal", conforme explica o comunicado. 
 

Inter realiza diagnóstico

Atrás da melhor conduta financeira, o Internacional realiza um profundo estudo interno. Com a empresa Ernst & Young, contratada neste ano, o clube irá produzir um diagnóstico de lucros e gastos para aplicar melhor seu dinheiro no futuro. 
 
O prazo para entrega do estudo finalizado é três meses. Atualmente os profissionais da área estão analisando documentos e relatórios do clube. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos