Chapecoense elabora lista de reforços e mira venezuelano Seijas, do Inter

Daniel Fasolin e Marinho Saldanha

Do UOL, em Chapecó (SC) e Porto Alegre (RS)

  • Ricardo Duarte/Internacional

    Seijas está nos planos da Chapecoense para o restante desta temporada

    Seijas está nos planos da Chapecoense para o restante desta temporada

Mesmo com a boa fase dentro de campo, a Chapecoense se movimenta nos bastidores para reforçar o elenco para o segundo semestre. Rui Costa, diretor executivo e João Carlos Maringá, diretor de futebol já tem listados alguns nomes que interessam o clube.

Um dos nomes que constam nessa lista é o do meia venezuelano Seijas, hoje no Internacional.  Apesar de não confirmar qual o andamento da negociação, a diretoria da Chapecoense confirmou o interesse no jogador do Internacional.

Segundo o diretor executivo de futebol Rui Costa, é obrigação da direção da Chapecoense analisar este tipo de mercado e estar atento a oportunidade de contar com este tipo de jogador. "É meu dever como diretor e do clube estar atento ao mercado, analisando jogadores com contrato vencendo, que podem reforçar o time", disse ao UOL Esporte. 

O molde de negociação que se apresenta possível é o empréstimo. Neste caso, as duas direções terão que debater sobre o salário do atleta, que rompe o limite estabelecido pela Chape. A reportagem do UOL Esporte tentou contato com a direção do Internacional e até o fechamento desta matéria não obteve sucesso. 

O meia de 30 anos, foi contratado no ano passado como 'substituto de D'Alessandro'. Custou aos cofres do Internacional perto de 450 mil dólares (R$ 1,4 milhão) e assinou até o meio de 2019. Passou a defender o Colorado a partir da abertura da janela de transferências internacionais do ano passado e empolgou logo de cara. 

Foram boas partidas e gols, mas uma curiosa ida para o banco de reservas com Celso Roth no comando. Independente da forma mostrada em campo, o treinador não dava sequência ao venezuelano, que terminou o ano do rebaixamento como suplente. 

Começou 2017, porém, renovado. Era a oportunidade de mostrar serviço ao novo comandante, Antonio Carlos Zago. Só que desta vez faltaram boas atuações. Com jogos irregulares, Seijas retornou à condição passada e chegou até a ser preterido do time reserva em algumas ocasiões. 

Hoje é utilizado como volante pelo lado esquerdo e entrou substituindo Carlinhos (Uendel foi para a lateral) no jogo do último domingo, diante do Cruzeiro-RS. Ao todo disputou seis partidas neste ano e não marcou gols. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos