Polícia prende acusado de matar torcedor do Bahia após clássico

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Polícia Civil da Bahia

    Delegada Patrícia Brito concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (10)

    Delegada Patrícia Brito concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (10)

Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Salvador prenderam nesta segunda-feira (10) o estudante de direito Pietro Henrique Ferreira Caribé Pereira, de 25 anos, integrante da torcida organizada do Vitória, Os Imbatíveis. Ele é acusado de ser o autor da morte do torcedor do Bahia, Carlos Henrique Santos de Jesus, de 17 anos, ocorrida na noite do último domingo (9), uma hora após o fim do Ba-Vi.

Segundo a delegada Patrícia Brito, do DHPP, responsável pelas investigações, Pietro foi identificado por testemunhas, que o apontam como autor dos disparos contra os torcedores do Bahia. Ele foi detido por volta das 14h, na casa de sua mãe, no bairro do Garcia, em Salvador.

"Nós estamos à procura dos demais envolvidos na ação criminosa. Sabemos que mais de uma pessoa fez uso de arma de fogo", revelou a delegada.

Pietro já possui passagens por furto de veículo e briga generalizada contra tricolores. Imagens do circuito interno do posto de gasolina onde ocorreu o crime já estão sendo analisadas no DHPP, onde testemunhas também estão sendo ouvidas. A arma utilizada no crime está sendo procurada.

O crime ocorreu por volta das 20h (de Brasília) - uma hora após o término do clássico -, em um posto de combustível localizado na Avenida Vasco da Gama.

Outro torcedor do clube, identificado como Isaias Souza Santos, também foi baleado (de raspão, no pescoço) e encaminhado para o Hospital Geral de Salvador. Os dois torcedores usavam a camisa do Bahia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos