Diego Souza diz que ida à seleção deu novo ânimo e faz juras ao Sport

Do UOL, em São Paulo

  • Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Substituto do lesionado Gabriel Jesus na convocação da seleção brasileira para os últimos jogos das Eliminatórias sul-americanas, Diego Souza disse que a ida ao time de Tite foi motivacional na sua carreira. Segundo ele, o comandante do Brasil ganhou um novo nome para o ataque.

"A convocação me ajudou muito, porque isso me dá força para começar um ano difícil... Sabemos que tem Jesus, Firmino e agora também tem Diego Souza, que está focado, quer fazer parte desse grupo. Quando o Tite falou que logo na contusão do Jesus que poderia jogar eu ou Firmino, eu acreditei mais e isso me ajudou a focar para eu fazer o que gosto com mais vontade", disse o jogador do Sport em entrevista à ESPN.

O meia-atacante se sente no melhor momento da carreira e ele coloca méritos ao Sport. Diego disse que na Ilha do Retiro ele pôde evoluir junto com o time depois de passar por altos e baixos.

"Eu estou no meu melhor momento em tudo, futebol e vida particular. Isso eu escutava há muito tempo, que futebol passa rápido, mas que o auge é com 30, 31 anos. Não acreditava... E você vai vendo que é verdade. Não troco o Sport por nenhum time do Brasil", declarou Diego.

"Minha felicidade maior é ver o Sport dobrando de altura. Quando cheguei lá, o time era visto de uma maneira menor e hoje você vê que o Sport tem outro nível, evoluiu. Essa é a minha maior felicidade, ajudar a colocar o Leão nesse cenário que está disputando as grandes competições. A gente vê que as pessoas falam que o Sport é difícil de jogar. Então tento botar isso na cabeça dos meus companheiros", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos