Zagueiro que parou CR7 ainda banca seu 1º time e ganhou até faixa de rivais

Do UOL, em São Paulo

  • Aitor Alcalde/Getty Images

    Savic perdeu o pai aos 20 anos e ganhou apoio até de rivais

    Savic perdeu o pai aos 20 anos e ganhou apoio até de rivais

Stefan Savic não é daqueles jogadores midiáticos. Mas no clássico contra o Real Madrid, ao evitar o gol que parecia certo de Cristiano Ronaldo, o zagueiro do Atlético teve o reconhecimento que até torcedores rivais já mostraram no início da sua carreira. Com uma trajetória difícil, Savic é muito respeitado em Montenegro e na Sérvia.

Quando tinha 20 anos, o zagueiro montenegrino atuava no Partizan Belgrado e via sua carreira decolar. No entanto, a morte de seu pai, Dragana, apontada como suicídio pelas autoridades locais, fizeram Savic passar por momentos difíceis. Mesmo assim, ele foi campeão pelo Partizan logo depois e até a torcida do arquirrival Estrela Vermelha prestou uma homenagem.

Um cartaz feito pelos adversários emocionou Savic. "Foi muito especial. Todos foram muito gentis comigo, todo mundo na Sérvia me ajudou demais, tantos os torcedores do Estrela Vermelha como os do Partizan. Foi um momento difícil, duríssimo, mas o futebol me deu forças para superá-lo", resumiu o defensor.

Em seguida, Savic realizou outro sonho: o de atuar no Campeonato Inglês, contratado pelo Manchester City. Desde então, toda e qualquer conquista pessoal ele dedica ao pai. "Ele era meu exemplo".

Mas Savic também é exemplo para outras pessoas. Até hoje, o zagueiro do Atlético de Madri ajuda seu primeiro time, o modesto Brskovo, da terceira divisão de Montenegro. Ele financia novos uniformes e bolas para a equipe, além de visitar os jogadores de sua cidade natal, onde, inclusive, seu pai foi prefeito.

"Sempre que posso vou para lá e converso com os jogadores. Para mim, é ótimo poder ajudar uma cidade tão pequena. Sei o que isso significa para os garotos. Quero ajudá-los sempre", contou ele ao diário As.

Fã do ex-zagueiro italiano Nesta, Savic vai ganhando espaço na defesa do Atlético de Madri ao lado do uruguaio Godín. Aos poucos, ele quer ser em seu país o exemplo que já é em sua cidade.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos