Foto com atriz pornô faz Paulinho processar empresa de apostas na Ásia

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Vazamento de foto ao lado de atriz pornô irritou estafe de Paulinho

    Vazamento de foto ao lado de atriz pornô irritou estafe de Paulinho

O volante Paulinho, do Guangzhou Evergrande e titular da seleção brasileira, quebrou um contrato de patrocínio e vai processar uma empresa de apostas filipina, a Letou. O motivo é o vazamento de uma foto do jogador ao lado de uma atriz pornô japonesa durante a gravação de uma propaganda da empresa gravada na casa do atleta, na China.

Em contato com o UOL Esporte, a assessoria de Paulinho afirmou que o jogador não sabia que a mulher, Aoi Tsukasa, era atriz pornô, e que em nenhum momento a equipe da gravação do comercial alertou sobre o fato. Isso, aliado ao vazamento da foto sem a aprovação do estafe do meio-campista, justificaria a quebra de contrato e a ação judicial contra a Letou. A pornografia é ilegal na China.

Reprodução
Paulinho gravou comercial de empresa de apostas em sua casa na China

O negócio com a empresa filipina foi feito no final do ano passado. Foi intermediado por uma firma inglesa que representa o jogador e pelo próprio estafe do atleta.

O jornal inglês Daily Mirror chegou a publicar que Paulinho correria o risco de ser deportado da China, já que apostas também são ilegais no país. De acordo com a equipe do jogador, porém, essa possibilidade não existe, já que o anúncio só será veiculado nas Filipinas, onde apostas online são permitidas.

Paulinho: comunicado oficial

Em virtude de notícia divulgada por um jornal da Inglaterra, dando conta de que Paulinho, volante do Guangzhou Evergrande e da seleção brasileira, pode ser punido e até mesmo deportado da China, a assessoria do jogador vem a público esclarecer a situação.

No ano passado, Paulinho assinou um contrato com a Letou, casa de apostas das Filipinas. Foi apenas uma diária, uma gravação, realizada em novembro, e a empresa teria um ano para utilizar a imagem do jogador em campanha publicitária, que passaria a ser veiculada apenas em seu site.

Em momento algum da gravação foi dito que a garota que aparece na foto a seu lado era uma atriz pornô. A equipe de produção informou apenas que se tratava de uma modelo. Além disso, consta em contrato que qualquer foto a ser utilizada e divulgada teria que passar pela aprovação de Paulinho e seu staff.

A campanha nem sequer começou a ser veiculada nas Filipinas. Vale ressaltar que em momento algum Paulinho cometeu qualquer ilegalidade e não há a possibilidade de o jogador ser deportado do país onde atua por conta disso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos