Chapecoense bate o Joinville e conquista o seu primeiro título pós-tragédia

Do UOL, em São Paulo

A Chapecoense conquistou neste sábado (15) o seu primeiro título depois da tragédia que matou quase todo o elenco num acidente de avião, há mais de quatro meses.

O time comandado pelo técnico Vagner Mancini derrotou o Joinville por 2 a 0, com gols de Reinaldo e Túlio de Melo, na Arena Condá, levantou o troféu do segundo turno do Campeonato Catarinense com uma rodada de antecedência e garantiu uma vaga na final do Estadual.

"Isso é inesquecível para a gente, depois de tudo que aconteceu. Sentimento muito bom porque todo mundo trabalhou duro para chegar até aqui e homenageamos o grande Sandro Pallaoro [ex-presidente do clube], que tanto fez pela Chape. Estou muito feliz por essa reconstrução. Nada mais justo a taça ficar em Chapecó e agradecemos a todos por isso", disse Alan Ruschel.

RENATO PADILHA/MAFALDA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Reinaldo comemora um dos gols do título da Chapecoense do segundo turno do Catarinense

A taça do segundo turno leva justamente o nome de Pallaoro, que morreu na tragédia de avião. A Federação Catarinense de Futebol não entregou o troféu original, apenas um simbólico.

"Momento muito difícil, mas muito alegre, porque temos que lembrar dos colegas que se foram e também do Sandro. Mas vamos honrar os que se foram e ir atrás do título do campeonato", afirmou Apodi.

Em oito jogos no segundo turno, o time de Mancini acumula sete vitórias e um empate. Faltando uma rodada para o fim, está invicto. Tem ainda o melhor ataque (23 gols) e a melhor defesa (tomou apenas quatro).

"Estamos muito felizes porque sabíamos que essa taça representa muito para nós, para a comunidade. Então trabalhamos muito focados para que isso ocorresse. Trouxemos jogadores com as características da Chape, que trabalharam duro e encaixaram muito rápido. Todo mundo que chegou aqui incorporou o espírito da equipe, da comunidade e da torcida", disse Mancini.

"Meu sentimento como técnico é ótimo. Fizemos as coisas bem feitas. O ser humano Vagner sabia que teria um desafio grande de vida aqui. Tentar entender os sentimentos das pessoas que aqui ficaram e entender o que a Chapecoense representa para um povo. Saímos de alma lavada daqui porque sabemos de todas as pessoas que passaram por aqui e trouxeram a Chape a este patamar", afirmou.

Agora, Chapecoense e Avaí, campeão do primeiro turno, vão lutar pelo título do Estadual em dois jogos. A equipe de Mancini vai decidir em casa. O primeiro duelo acontece no dia 29 deste mês, na Ressacada, A segunda partida está marcada para 7 de maio, na Arena Condá.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos