Meia Diego é operado e cirurgia é considerada um sucesso pelo Flamengo

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Diego fica afastado dos campos por ao menos quatro semanas

    Diego fica afastado dos campos por ao menos quatro semanas

O meia Diego foi submetido a uma artroscopia para correção de lesões no ligamento colateral medial e no menisco medial do joelho direito.

Segundo o médico Marcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo e responsável pelo procedimento, a intervenção realizada na manhã deste sábado foi um sucesso.

De acordo com os prognósticos do Flamengo, o meia fica longe dos gramados por ao menos quatro semanas, mas a tendência é que este prazo seja ainda um pouco mais esticado.

"Correu tudo bem. Ele foi operado por uma equipe médica que contou com, além de mim, o Dr. Rodrigo Furtado e o Dr. Gustavo Caldeira. A  previsão é de alta neste sábado. Acreditamos que de 4 a 6 semanas ele estará apto a voltar aos treinamentos", disse Tannure ao site oficial do clube.

A previsão dos médicos é que Diego já inicie os trabalhos de fisioterapia e recuperação física já a partir da próxima segunda-feira, no Ninho do Urubu.

Sem seu principal jogador, o técnico Zé Ricardo não dispõe de muitas alternativas. Como Ederson e Conca ainda estão em recuperação, os jovens Matheus Sávio e Lucas Paquetá pintam como alternativas, caso o técnico queira mexer o mínimo possível no desenho tático da equipe.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos