Jogador da seleção do Panamá é assassinado; polícia detém 4 suspeitos

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Amilcar Henriquez foi assassinado no Panamá quando jogava dominó com amigos

    Amilcar Henriquez foi assassinado no Panamá quando jogava dominó com amigos

O meio-campista da seleção do Panamá, Amílcar Henriquez, foi assassinado na noite de sábado. De acordo com o jornal La Prensa, ele estava jogando dominó com outros amigos em Nuevo Cólon, quando foram atingidos por tiros. Um amigo de Henriquez também faleceu.

Informações preliminares dão conta de que um automóvel de cor vinho parou próximo ao local. O vidro foi abaixado e um atirador disparou em direção ao atleta de 33 anos.

Amílcar Henriquez vinha participando das eliminatórias para a Copa do Mundo. Ele era considerado peça-chave no meio-campo da seleção panamenha. Com passagens por clubes colombianos, o meio-campista havia regressado para o futebol panamenho. Sua última partida aconteceu na quarta-feira, pela Liga do Panamá.

A polícia local prendeu quatro suspeitos, sendo três deles menores de idade. Os suspeitos tentaram escapar, mas o carro foi interceptado por policiais. Dentro do veículo havia duas armas, com uma AK-47. O carro era roubado. Na casa de um dos detidos, policiais encontraram outra arma.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos