Paulinho terá de cancelar contrato com rede de apostas para ficar na China

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Foto com atriz pornô faz Paulinho processar empresa de apostas na Ásia

    Foto com atriz pornô faz Paulinho processar empresa de apostas na Ásia

O meio-campista Paulinho foi lertado por dirigentes chineses a cancelar seu contrato pessoal com uma rede de apostas caso queria continuar atuando no país. A informação é da agência de notícias Reuters.

Em reunião na Confederação Chinesa de Futebol ficou entendido que o Guangzhou Evergrande não tinha conhecimento do fato, isentando o clube de punição.

O jogador do Guangzhou Evergrande se envolveu em polêmica na China ao participar de campanha publicitária de jogos de azar ao lado de uma mulher, que seria atriz pornô japonesa. Apostas e pornografia são ilegais na China.

Paulinho firmou contrato com uma rede de apostas da Filipinas, a Letou. Nas redes sociais, uma foto do jogador vazou ao lado de uma atriz pornô japonesa durante a gravação de uma propaganda da empresa gravada na casa do atleta, na China.

Em contato com o UOL Esporte, a assessoria de Paulinho afirmou que o jogador não sabia que a mulher, Aoi Tsukasa, era atriz pornô, e que em nenhum momento a equipe da gravação do comercial alertou sobre o fato. Isso, aliado ao vazamento da foto sem a aprovação do estafe do meio-campista, justificaria a quebra de contrato e a ação judicial contra a Letou. O material, segundo a assessoria, não seria veiculado na China.

O negócio com a empresa filipina foi feito no final do ano passado. Foi intermediado por uma firma inglesa que representa o jogador e pelo próprio estafe do atleta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos