Pachequinho cobra Coritiba após derrota na primeira semifinal com Cianorte

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL, em Curitiba (PR)

  • Divulgação/Coritiba

O Coritiba saiu atrás do Cianorte na disputa por uma vaga na final do Paranaense 2017 e deixou o técnico Pachequinho irritado com o desempenho da equipe. Sem produzir no setor ofensivo – o Coxa atuou sem o artilheiro Kléber, que forçou o terceiro cartão contra o Cascavel – a equipe não ameaçou o Cianorte e sofreu a segunda derrota contra o adversário dentro do Estadual.

O placar de 1 a 0 deu a equipe do interior a vantagem do empate em Curitiba, no jogo de volta no próximo final de semana. Não há peso de gols marcados fora de casa em caso de desempate. Se o Coxa vencer por um gol de diferença com qualquer placar, a vaga será decidida nos pênaltis.

"Dentro do nossos domínios temos que nos impor. A nossa postura tem que mudar. No Couto o jogo vai ser outro. É o jogo que define quem vai para a final", cobrou Pachequinho em entrevista coletiva logo após o final do jogo em Cianorte.

Ele também assumiu que a equipe esteve longe do ideal: "Não foi nosso melhor jogo tecnicamente. É um resultado que nós não gostaríamos, tentamos abrir mais no segundo tempo, mas não conseguimos." 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos