Goleador do Inter chega a decisões em jejum e empilhando chances perdidas

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Brenner vive um ano abençoado. Só que depois de chegar ao Inter sob desconfiança, conquistar a titularidade e se tornar goleador do time, o centroavante encara o primeiro momento de oscilação. Nos últimos três compromissos, e ele não só passou em branco como ainda perdeu chances importantes em momentos decisivos.

Os números pelo clube ainda são muito bons. Brenner tem 15 partidas pelo Colorado e marcou 13 gols. Em comparação com a arrancada inicial, no entanto, ele vive um momento de queda. Já são 263 minutos sem balançar as redes adversárias. Os duelos completos contra Cruzeiro-RS e Caxias, 70 minutos diante do Corinthians e mais 13 desde o gol marcado contra o mesmo Cruzeiro-RS no dia 6 de abril, quando fez dois e iniciou a seca. 
 
"Normal não é, né? Normal para mim é fazer gols, mas vida de centroavante é assim. Às vezes vai entrar, outras vai teimar em não entrar. Tem de estar preparado", disse depois da partida contra o Caxias, no Beira-Rio. 
 
O problema não tem sido apenas a falta de gols, mas as oportunidades desperdiçadas. Se antes Brenner necessitava de uma chance ou até menos do que isso para colocar nas redes, nos jogos decisivos contra Corinthians e Caxias ele as teve e não conseguiu somar. 
 
Diante dos paulistas foram duas chances de cabeça, ambas para fora. Em um lance em que recebeu livre dentro da área, ele se jogou para cabecear uma bola que seria mais facilmente concluída com os pés. Fracassou e viu Cassio defender com tranquilidade. 
 
No último sábado diante do Caxias novamente teve uma chance de cabeça em que, dentro da pequena área, colocou para fora. E outra, em cobrança de escanteio, quando dominou e bateu forte, mas longe da meta adversária (veja o vídeo). 
 
"Eu me cobro muito. Mas tenho de continuar trabalhando para que os gols voltem a acontecer", explicou. 
 
Brenner tem 23 anos e é egresso do Juventude, onde atuou sob comando de Antonio Carlos Zago. O treinador é um dos principais entusiastas da manutenção dele na equipe. "Sou talvez quem mais conheça o Brenner como jogador", disse na última semana. 
 
Com vínculo até 2020, o jogador pode se ver ameaçado logo em seguida. Depois do Campeonato Paulista, William Pottker se apresenta ao Colorado para a disputa da Série B. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos