Dorival barra Cleber no Santos por lesão que o zagueiro diz não existir

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/ Santos FC

    Cleber só jogos seis dos 17 jogos do Santos. Foram apenas 415 minutos em campo

    Cleber só jogos seis dos 17 jogos do Santos. Foram apenas 415 minutos em campo

O zagueiro Cleber, segundo reforço mais caro do Santos nesta temporada (custou R$ 7,3 milhões), foi barrado mais uma vez pelo técnico Dorival Júnior. Ele sequer viajou para a Colômbia, onde o time encara o Santa Fe, nesta quarta-feira, pela terceira rodada da Copa Libertadores da América. O UOL Esporte apurou os motivos de o "medalhão" ter jogado apenas seis dos 17 jogos do alvinegro praiano no ano, sendo quatro como titular. Foram apenas 415 minutos em campo.

Oficialmente, Cleber está fora por opção da comissão técnica, mas essa não é a história completa. Responsável pela decisão, Dorival Júnior deixou escapar que o atleta possui um problema sério no joelho e, por isso, prefere deixar o jogador fora da equipe titular e até do banco de reservas, como será em Bogotá.

O departamento médico do clube confirma que Cleber possui "geno varo", uma espécie de desalinhamento do joelho esquerdo, mas faz questão de afirmar que o problema não limita o zagueiro de jogar futebol. O médico do Santos, Rodrigo Zogaib, argumenta que diversos atletas possuem este problema, até mesmo Neymar, e que o defensor santista treina normalmente.

"Na verdade, ele tem um desgaste normal da idade. Não tem nada que impeça ele de jogar futebol. Ele tem geno varo e, por isso, acaba ocorrendo um desgaste maior. Diversos jogadores têm isso, o próprio Neymar. É só reparar como ele anda e pisa. Dá um pouco mais de desgaste, mas não existe indicação nenhuma de cirurgia. Está normal [o joelho]. Ele treina normalmente", afirmou o médico Rodrigo Zogaib ao UOL Esporte.

Cleber, por sua vez, confidenciou a pessoas próximas que não tem nenhuma lesão e, por isso, não foi encaminhado a cirurgia, como ocorreu com o lateral Zeca. O defensor alega que precisa apenas ganhar ritmo de jogo e isso ele só conquistará se tiver oportunidades de atuar. O zagueiro tem certeza que não atua somente por opção técnica de Dorival Júnior.

Entre os seis jogos que disputou, quatro como titular, Cleber teve uma sequência de apenas duas partidas pelo Santos, números que fortalecem a reclamação de atleta em relação ao ritmo de jogo.

Cleber foi bastante questionado após a derrota do Santos no clássico contra o Corinthians por 1 a 0, em Itaquera. Na ocasião, Jô subiu atrás do zagueiro e marcou, de cabeça, o gol da vitória corintiana. Além disso, três rodadas antes o zagueiro havia sido expulso contra a Ferroviária em sua estreia pela equipe santista. 

Para o duelo contra o Santa Fe, Dorival Júnior levou apenas a dupla de zaga titular na viagem – Lucas Veríssimo e David Braz. O volante Yuri também foi relacionado e pode ser uma opção para a zaga caso o treinador necessite durante o jogo.

Publicamente, em seu Facebook, Cleber disse que não está em rota de colisão com Dorival Júnior. "Quero deixar claro a vocês que isso não procede. Respeito muito meu treinador e acato suas decisões como funcionário do clube. Assunto de lesão deve ser respondido pelo médico da instituição. Eu respondo apenas pelo que faço, que é jogar futebol. Todos os dias eu trabalho duro focado em conquistar meu espaço no time, sempre respeitando meu comandante e companheiros. Estou muito feliz em vestir a camisa do Santos Futebol Clube e vou honrar esse manto em todos os momentos, dentro e fora de campo", diz a nota. 

Dorival Júnior, em entrevista ao SporTV, disse que resolverá o problema internamente com o atleta. "A situação desagradável com relação ao Cleber, que eu acho que tudo isso aí vai ser conversado com o atleta e resolvido internamente, até porque é uma pessoa que merece todo nosso respeito e consideração e vem trabalhando muito forte para alcançar um espaço, buscar novamente uma condição dentro da equipe do Santos. O Cleber com relação aos últimos anos não teve uma sequência muito longa de atuações e, de repente, uma dificuldade ou outra aconteceu ao longo desse ano. Começou a buscar um espaço teve expulsão. Começou a buscar espaço teve um problema muscular. Quem entrou acabou ficando na equipe por merecimento e agora ele está aguardando sua vez. A montagem do banco agora nós temos que montar um banco em que alguns jogadores possam atuar em outras funções, que foi o que pensamos por essa partida em especial", disse. 

Veja a participação do zagueiro Cleber desde a sua chegada ao Santos:

 
28/01 - Santos 5 x 1 Kenitra - Pacaembu (não jogou)
03/02 - Santos 6 x 2 Linense - Vila Belmiro (não jogou)
12/02 - Red Bull Brasil 2 x 3 Santos - Pacaembu (não jogou)
15/02 - Santos 1 x 3 São Paulo - Vila Belmiro (não jogou)
18/02 - Santos 0 x 1 Ferroviária - Vila Belmiro (titular: 67 minutos)
21/02 - Ituano 0 x 0 Santos - Novelli Júnior (não jogou)
25/02 - Santos 2 x 0 Botafogo-SP - Vila Belmiro (2º tempo: 49 minutos)
04/03 - Corinthians 1 x 0 Santos - Arena Corinthians (titular: 95 minutos)
09/03 - Sporting Cristal 1 x 1 Santos - Estádio Nacional (titular: 95 minutos)
12/03 - São Bernardo 1 x 4 Santos - Primeiro de Maio (não jogou)
16/03 - Santos 2 x 0 The Strongest - Vila Belmiro (não jogou)
19/03 - Santos 1 x 2 Palmeiras - Vila Belmiro (não jogou)
22/03 - São Bento 0 x 2 Santos - Walter Ribeiro (não jogou)
25/03 - Santo André 0 x 1 Santos - Bruno José Daniel (2º tempo: 15 minutos)
29/03 - Santos 3 x 1 Novorizontino - Vila Belmiro (titular: 94 minutos)
01/04 - Ponte Preta 1 x 0 Santos - Moisés Lucarelli (não jogou)
10/04 - Santos 1 x 0 Ponte Preta - Pacaembu (não jogou)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos