Atletas do Bayern foram cobrar o árbitro no vestiário, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

Os jogadores Arturo Vidal, Thiago Alcantara e Robert Lewandowski foram ao vestiário reservado à arbitragem para contestar a atuação do juiz Viktor Kassai. A informação é do jornal La Sexta. Os atletas do Bayern reclamaram de dois gols de Cristiano Ronaldo, que estariam irregulares, da expulsão de Vidal e também cobraram a não expulsão de Casemiro.

O Real venceu a partida por 4 a 2 e avançou na Copa dos Campeões.

"É muito pesado te roubarem uma partida assim. Dois gols impedidos, e eu fui expulso erradamente. Esse roubo não pode nos custar uma eliminatória de Champions", disse Vidal.

Carlo Ancelotti, técnico do Bayern, endossou as críticas em entrevista coletiva.

"A expulsão do Vidal não era e Cristiano marcou dois gols impedidos. O árbitro falhou claramente", reclamou.

O cartão vermelho dado a Vidal ocorreu quando o Bayern vencia o jogo e buscava o terceiro gol no tempo normal. A partida foi para a prorrogação com 2 a 1 para o Bayern. No tempo extra, o clube de Madri virou o jogo para 4 a 2.

"A expulsão de Vidal não era para amarelo e nem falta. Isso nos deixou indignados. Estamos inconformados, mas nada disso mudará o passado", disse Thiago. 

Diretoria do Bayern quer uso de vídeos nos jogos

Revoltado com a atuação do árbitro húngaro, o diretor do Bayern Karl-Heinz Rummenigge pediu para que a Uefa introduza sistema eletrônico para auxílio da arbitragem.

"Depois de ver como jogaram Hummels, Boateng, Lewandowski e Manuel Neuer, só posso tirar o chapéu pelo excelente futebol que praticaram. Infelizmente, algumas decisões do árbitro condicionaram extremamente o nosso trabalho. Estou furioso. Fomos prejudicados".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos