Lyon e Besiktas serão excluídos de torneios em caso de novo incidente

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Robert Pratta Livepic

A comissão disciplinar da Uefa decidiu nesta quarta-feira que Lyon e Besiktas serão excluídos de competições organizados pela entidade se repetirem incidentes pelos próximos dois anos. A advertência foi feita em virtude da briga entre torcidas dos clubes no dia 13 de abril, em jogo válido pela Liga Europa.

O UOL Esporte havia informado que os dois clubes haviam sido excluídos dos próximos torneios. O erro foi corrigido. 

Os clubes também foram multados em 100 mil euros (cerca de R$ 335 mil) pela confusão que eclodiu nas arquibancadas do estádio Parc Olympique Lyonnais.

Divulgada a sanção, o Besiktas anunciou que recorrerá da punição, enquanto o Lyon acatou a decisão. O time turco divulgou um comunicado esclarecendo sua posição.

"Não é possível considerar justa para o nosso clube e nem se pode aceitar (a sanção). Continuaremos o assunto, apresentando o recurso correspondente perante a Uefa", diz o texto publicado no site do Besiktas. O clube também reclamou da sanção via Safak Yazicioglu, um integrante de seu conselho executivo.

"Nós recebemos a punição que esperávamos para o Lyon. É uma sanção totalmente injusta e ilegítima. Na sexta-feira, recorreremos e usaremos todas as vias legais", disse à emissora "NTV".

À imprensa francesa, o presidente do Lyon Jean-Michel Aulas disse aceitar a punição imposta pela Uefa nesta quarta-feira.

"É uma decisão justa, embora tenha nos surpreendido o nível de violência com o qual nos vimos confrontados", comentou o dirigente.

Na ocasião, centenas de fãs do Lyon invadiram o gramado em fuga, enquanto os fãs da agremiação turca começaram a lançar fogos de artifício contra a torcida adversária. O jogo foi adiado em alguns minutos, mas foi realizado e teve vitória do Lyon por 2 a 1. 

Lyon e Besiktas voltam a se enfrentar nesta quinta-feira, em Istambul, pela partida de volta das quartas de final da Liga Europa.O lateral Christophe Jallet, do Lyon, espera que os incidentes não se repitam.

"Esperamos que não aconteçam acidentes como nos últimos dias. Não acho que problemas se reproduzirão. Haverá um duro ambiente contra nós, mas não tenho medo pela minha segurança", completou.

Vale lembrar que, além da briga de torcidas pela Liga Europa, o Lyon voltou a ser envolvido em confusão no último domingo, pelo Campeonato Francês. Os jogadores do clube foram atacados dentro de campo por torcedores do Bastia, o que provocou a suspensão da partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Francês.

Com informações da agência Efe

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos