Corinthians tenta se livrar de colombiano que já custou mais de R$ 2 mi

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

A direção do Corinthians trabalha para atender o que é desejo do treinador Fábio Carille desde o início do ano: ter um elenco com, no máximo, 30 jogadores. Hoje, são 39 no elenco profissional, e um daqueles que mobiliza os dirigentes é o colombiano Stiven Mendoza. 

Nos últimos dias, Mendoza se mostrou reticente para uma transferência ao Goiás, interessado em adquiri-lo para a disputa da Série B. No começo do ano, já havia irritado dirigentes do Corinthians ao negar uma mudança ao Bahia, em que atuaria na primeira divisão. Agora, a cúpula alvinegra se mobiliza por uma nova equipe que procurou o jogador - o nome, porém, não foi revelado. 

Como mostrou o Blog do Perrone, o Corinthians pagou R$ 500 mil para adquirir o colombiano em 2015. Só em salários, com vencimentos mensais na casa de R$ 100 mil, ele custou mais aproximadamente R$ 2 milhões. Em empréstimos para a Índia, no ano retrasado, e para os Estados Unidos, em 2016, os corintianos celebraram o fato de encontrar equipes que pagassem os ordenados de Mendoza. A contratação foi idealizada por Edu Gaspar, hoje na CBF. 

Em dois anos e quatro meses, atuou em 31 partidas e marcou três gols. Mas, neste ano, só trabalha com os demais jogadores sem perspectivas de atuar - e sem vontade de sair.

Além de Mendoza, o Corinthians já emprestou Luidy para o Figueirense e agora avalia as saídas de Guilherme (negocia com Atlético-PR), Rodrigo Figueiredo, Bruno Paulo, Warian e o veterano Cristian, afastado do grupo principal. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos