Cruzeiro ficou invicto por 22 jogos e só não superou ano da Tríplice Coroa

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

A derrota por 2 a 1 para o São Paulo custou ao Cruzeiro o fim de uma invencibilidade de 22 jogos na temporada de 2017. O time mineiro era o único integrante da Série A que ainda não havia perdido neste ano. Apesar do primeiro revés, o tropeço no Mineirão não evitou que o time se classificasse para as oitavas de final da Copa do Brasil. Além disso, a sequência de partidas sem perder rendeu à equipe uma marca que não era alcançada há mais de dez anos.

Além da vitória por 3 a 2 diante do Corinthians, pela última rodada do Brasileirão de 2016, o Cruzeiro passou 21 jogos sem perder em 2017. Até a derrota para o São Paulo no Mineirão, a Raposa já havia vencido outras 16 partidas e empatado as outras cinco. O total de 22 jogos sem perder só não foi superior à sequência de compromissos em 2002 e 2003, ano da conquista da Tríplice Coroa. Naquela ocasião, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo ficou invicta por 34 jogos, triunfando em 27 e empatando outros sete.

Nem mesmo a recente conquista do bicampeonato brasileiro contou com uma invencibilidade tão boa. Em 2013, o time de Marcelo Oliveira ficou 14 jogos sem perder, mesma quantidade alcançada na temporada seguinte. Já nas temporadas de 2009 e 2011, a maior sequência invicta foi de 18 e 17 partidas, respectivamente.

"Não é bom perder, mas se tiver de perder, que seja de 2 a 1, com um resultado de um gol de diferença e conseguindo a classificação. E diminui a coisa que passa a se tornar um fardo. Não é normal uma equipe passar tanto tempo sem perder e não somos imbatíveis a ponto de não ter merecido perder essas partidas que não perdemos", disse Mano, minimizando a derrota no Mineirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos