Pedro Rocha quebra jejum, faz 2º gol no ano e alivia críticas no Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio Divulgação

    Atacante tem quatro assistências e voltou a marcar em jogo no Paraguai

    Atacante tem quatro assistências e voltou a marcar em jogo no Paraguai

Pedro Rocha talvez tenha sido o mais beneficiado pelo jogo dos reservas do Grêmio diante do Guaraní-PAR, na terceira rodada da Libertadores. Herói na final da Copa do Brasil do ano passado, o atacante saiu do banco e marcou o gol do empate. Além da bola na rede, a atuação como um todo rende mais pontos junto à comissão técnica e aplaca as recentes críticas.

Com apenas dois gols em 13 jogos no ano, Pedro Rocha passou a ser cobrado pela pontaria nas últimas semanas. O lugar no time titular, porém, nunca foi colocado em risco por Renato Gaúcho. Mas o gol no estádio Defensores del Chaco ajuda o treinador a mantê-lo na equipe.

"Infelizmente a bola acaba não entrando às vezes, mas tenho paciência e sei do meu potencial", disse Pedro Rocha após o jogo no Paraguai.

Pedro Rocha marcou após assistência de Arthur. A finalização, de primeira e cruzada, rendeu elogios no vestiário. Depois, ele ainda teve ótima chance para ampliar. Acionado dentro da área, ganhou a dividida e chutou por cobertura. A bola bateu na trave esquerda.

"Só não ganhamos porque o engenheiro do estádio botou o gol um pouco mais para o lado", brincou Odorico Roman, vice de futebol do Grêmio.
Diante do Deportes Iquique-CHI, Pedro Rocha chegou a ouvir algumas vaias na Arena. Renato saiu em defesa do jogador, que virou titular no segundo semestre do ano passado e cresceu de conceito pelo empenho e contribuição ao time.

"(Ele) É novo. A gente explica, passa confiança, mostra. Tudo que posso fazer por ele eu faço. Mas, acima de tudo, além de mostrar o que deve ser feito, eu passo a tranquilidade e a confiança para ele jogar. O meu DVD não vou dar para ele, porque vai achar que é coisa de outro planeta. Vamos deixar assim, só nos ensinamentos. Ano passado foi decisivo. Faz parte", comentou o treinador logo depois da vitória em cima dos chilenos.

O primeiro gol de Pedro Rocha na temporada só veio depois de nove partidas. Foi diante do Veranópolis, na goleada por 5 a 0. Na ausência da bola na rede, ele acumulou assistências. Foram quatro. O índice pesou para a sequência no time titular ser mantida.

Pedro Rocha volta a campo no domingo, às 19h (Brasília). O Grêmio enfrenta o Novo Hamburgo no segundo jogo da semifinal do Campeonato Gaúcho. Como empatou por um gol na Arena, o Tricolor precisa vencer ou empatar a partir de 2 a 2. Uma ótima chance para o atacante confirmar a recuperação e aumentar os créditos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos