TAS avisa ao Barça que Neymar não joga contra Real; clube se diz surpreso

Do UOL, em São Paulo

  • Jorge Zapata/EFE

    Neymar foi expulso contra o Málaga

    Neymar foi expulso contra o Málaga

Neymar não jogará o clássico contra o Real Madrid pelo Campeonato Espanhol neste domingo (23). O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) enviou uma nota ao Barcelona neste sábado (22) informando o clube catalão da novidade. Esgotada essa opção, o time do brasileiro não tem mais como recorrer da suspensão de três jogos do atleta.

O comunicado veio a público por meio da imprensa espanhola e foi oficializado por uma resposta publicada pelo Barcelona em seu site. O recurso do clube de última hora na sexta-feira (21) não motivou o tribunal a uma reunião extraordinária para julgar o caso - ele foi enviado após o último encontro da semana.

No texto pelo TAS, divulgado pela "Cadena COPE", é informado que "o recurso foi apresentado quando era público e notório que o Tribunal havia concluído sua reunião semanal (...). Esta circunstância impediu que o Tribunal pudesse examinar o assunto em tal reunião", mas que ainda assim foi tentada a realização do encontro extraordinário neste sábado. Esta não ocorreu porque era obrigatória a presença de todos os membros do TAS, o que não foi não foi possível.

O Barcelona mostrou surpresa com o posicionamento do tribunal e cobrou dele uma decisão a respeito do recurso enviado na sexta-feira. Em seu texto, o time catalão disse ter entrado com o recurso às 16h08 locais da sexta-feira e questionou a alegação de que a ação tenha chegado tarde demais.

"O Barcelona expressa sua surpresa porque o presidente do TAS afirma em seu texto que este órgão não pôde resolver o recurso dado que 'era público e notório' que o TAS já tinha finalizado a reunião, tendo em conta que o clube apresentou o recurso dentro dos prazos estabelecidos nas normas reguladoras correspondentes. Somado a isso, o TAS nunca notificou ao clube o horário fixado para sua reunião", diz o comunicado.

Luis Enrique: "preparados com ou sem Neymar"

Sem estar ciente da decisão do tribunal, Luis Enrique defendeu a medida adotada pelo Barcelona em entrevista coletiva neste sábado.

"A posição do clube me parece correta, defende os interesses dele mesmo e dos jogadores. Estou preparado para jogar a partida com Neymar ou sem ele. Temos que esperar o jogo para ver se me arrisco a colocá-lo", afirmou Luis Enrique em entrevista coletiva.

Neymar foi expulso na partida contra o Málaga do último dia 8 de abril. Ele levou o segundo cartão amarelo no jogo e, ao receber o vermelho na sequência, aplaudiu ironicamente ao árbitro, que registrou a atitude na súmula.

A atitude desrespeitosa do brasileiro resultou em dois jogos de suspensão, os quais foram somados à punição automática de uma partida do cartão vermelho. Desde então, Neymar desfalcou o Barcelona na partida contra a Real Sociedad do último dia 15 e ficará fora dos jogos contra o Real Madrid e o Osasuna.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos