Barcelona acata suspensão e não relaciona Neymar para clássico contra Real

Do UOL, em São Paulo

  • Jorge Zapata/EFE

    Neymar foi expulso na partida contra o Málaga, no começo do mês

    Neymar foi expulso na partida contra o Málaga, no começo do mês

O Barcelona anunciou na manhã deste domingo (23) sua desistência na tentativa de utilizar Neymar no clássico contra o Real Madrid, que será realizado no Santiago Bernabéu. O clube catalão foi para a capital espanhola sem o atacante brasileiro e divulgou um comunicado explicando a posição.

"Ante a incerteza legal que supõe a ausência de pronunciamento do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) a menos de 12 horas para o jogo desta noite e para centrar toda a atenção na parte esportiva, o clube decidiu não convocar Neymar. O Barcelona mostra sua estupefação ante o enorme vazio legal que implica a negativa do TAS a exercer suas funções jurisdicionais, um feito que prejudica diretamente tanto aos clubes quanto a própria competição", diz o comunicado.

Em seu site, o clube reforçou a mensagem: "Para esta partida, o técnico não poderá contar com o suspenso Neymar, jogador que o Barcelona decidiu não convocar por falta de brecha legal ante a falta de resposta do TAS".

Os seguintes jogadores foram relacionados para o clássico: Ter Stegen, Piqué, Rakitic, Sergio Busquets, Denis Suárez, Arda Turan, Iniesta, Suárez, Messi, Cillessen, Mascherano, Paco Alcácer, Jordi Alba, Digne, Sergi Roberto, André Gomes, Aleix Vidal. Além deles, Umtiti e Aleñá viajaram com o grupo.

No sábado (22), o TAS enviou uma nota ao Barcelona informando que Neymar não poderia jogar neste sábado, pois o recurso enviado pelo clube ao órgão chegou após a última reunião semanal dele. Uma reunião extraordinária foi tentada no sábado, sem sucesso.

O clube catalão esgotou todas as instâncias legais para tentar contar com o atacante brasileiro para o clássico, essencial para a disputa da liderança do Campeonato Espanhol. O Real Madrid tem 75 pontos, três a mais que o Barcelona, e uma partida a menos na competição.

Neymar foi expulso na partida contra o Málaga do último dia 8 de abril. Ele levou o segundo cartão amarelo no jogo e, ao receber o vermelho na sequência, aplaudiu ironicamente ao árbitro, que registrou a atitude na súmula.

A atitude desrespeitosa do brasileiro resultou em dois jogos de suspensão, os quais foram somados à punição automática de uma partida do cartão vermelho. Desde então, Neymar desfalcou o Barcelona na partida contra a Real Sociedad do último dia 15 e ficará fora dos jogos contra o Real Madrid e o Osasuna.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos