Cria do Barça é o único jogador que dribla mais que Neymar na Europa

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona (Espanha)

  • Scott Heppell/Reuters

A chegada de Neymar no Barcelona impediu a ascensão do espanhol Adama Traoré. Aos 19 anos em 2015, o jogador da mesma posição do brasileiro, atacante pelo lado esquerdo, escolheu deixar o clube catalão rumo ao futebol inglês. Hoje no Middlesbrough, a cria do Barça mostra condições de competir com o camisa 11 do time catalão, ao menos, em uma função: o drible. Ele é líder no quesito entre todos os jogadores das grandes ligas europeias (Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, Portugal e Itália).

Traoré tem média de 5.5 dribles por jogo na temporada. É exatamente a mesma que Neymar. A grande diferença está nos minutos jogados, já que o espanhol tem 1.463 minutos na temporada, enquanto o brasileiro soma 2.292. Os números são dos site especializado em estatísticas Whoscored.com

O atacante do Middlesbrough nasceu na Catalunha e tem descendência do Mali. No Barça, iniciou treinamentos aos 12 anos, em 2004. No profissional, foram apenas três jogos realizados.

"Não sentia que havia espaço para mim. A concorrência é de alto nível e prefiro provar meu valor aonde possa jogar. Quem sabe volto ao Barcelona tendo sucesso por aqui", destacou Traoré ao ser apresentado ao Aston Villa, em 2015 - clube inglês pagou 7 milhões de euros ao Barcelona pela contratação.

No Aston Villa, Traoré também teve poucas oportunidades. Dos 10 jogos feitos na primeira temporada do Campeonato Inglês, nenhum foi como titular. A irritação o fez exigir a transferência.

O Middlesbrough acertou a contração de Traoré para a temporada, e enfim, a chance de jogar foi conquistada. São 25 jogos na liga inglesa, sendo 15 como titular. A posição em que joga, aberto pela esquerda, é bem semelhante a de Neymar.

No novo clube, Traoré também chamou a atenção por quebrar o recorde de velocidade em jogos do Campeonato Inglês. Isso aconteceu no empate por 0 a 0 contra o Arsenal, em novembro do ano passado. A marca foi de 37 km/h por hora em um sprint, superando os 35,5 km/h de Moussa Sissoko, meio-campo francês do Tottenham.

Com bons números de lado de campo, Adama Traoré passou a ser especulado no Chelsea para a próxima temporada. Mas parte da crítica inglesa não apoia a contratação por conta de um problema grave: a finalização. No futebol inglês, sequer marcou gol. Algo que o diferencia negativamente de Neymar.

"Me falta o gol, reconheço. Sim que tenho o drible, a velocidade, mas devo melhorar a finalização. E o jogo taticamente. Creio que tenho o que evoluir, ainda sou jovem", destacou Traoré em recente entrevista ao jornal esportivo catalao, Sport. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos