Jogador tenta agredir técnico após ser substituído e precisa ser contido

Do UOL, em São Paulo

O atacante Diego Nogueira ficou inconformado ao ser substituído pelo técnico Rubio Guerra, do Paracatu, durante a partida contra o Ceilândia, pelo Campeonato Brasiliense. Após deixar o campo aos 20 minutos da primeira etapa, o camisa 10 tentou agredir o técnico.

De início, Diego chegou a ir para cima do treinador, mas foi contido pelos próprios companheiros de equipe. Na sequência, ele se desvencilhou e foi em direção a Rubio Guerra. O jogador só se acalmou quando cinco policiais se aproximaram para tirá-lo do local.

Enquanto era escoltado para fora do campo, o jogador recebeu o cartão vermelho do árbitro da partida. O Ceilândia venceu o duelo por 2 a 1.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos