"Senti um alívio", diz mãe de Eliza que volta a criticar o Boa Esporte

Felipe Pereira

Do UOL, em São Paulo

Sônia Moura, mãe de Eliza Samudio, não esconde a satisfação com a volta de Bruno para a cadeia. Ela recebeu a notícia da decisão do STF de determinar o retorno do goleiro à prisão por 3 votos a 1 assim que o julgamento acabou.

"Senti um alívio porque é muito revoltante ele solto e a forma como saiu, forma como se mostrou, dando risada", disse Sônia, que foi informada da decisão pela sua advogada.

Ela disse que a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de mandar Bruno de volta à prisão significa que justiça está sendo feita. Sônia não concorda com a saída antes de a pena de 22 anos ser cumprida, em veredicto de primeira instância.

A mãe de Eliza aproveitou a situação para voltar a criticar o Boa Esporte. A principal crítica é que a postura do clube, que teria demonstrado desrespeito com a filha dela. Permitir que crianças da idade do neto, que tem sete anos, entrem de mãos dadas com Bruno deixa Sônia contrariada.

O menino é a grande preocupação do dia. A avó sabe que o assunto estará em todos os jornais e isto pode revelar um segredo que o menino desconhece: Bruno matou a mãe dele. O garoto sabe apenas que o pai está na cadeia por homicídio. 

Por este motivo, a televisão ficará desligada o dia todo e a criança será monitorada enquanto estiver no computador monitorado.

"Agora ele está lá jogando um joguinho. Depois vamos cuidar dele. A TV aqui em casa só será ligada depois que ele dormir, o que acontece lá pelas 9 horas (da noite)."

Sônia justifica o segredo dizendo que é muito difícil para um adulto enfrentar a situação. Ela prefere que o neto tenha uma infância feliz até entender que é o momento de revelar a situação.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos