Wright não gostou de falso vídeo de furto. E promete ir à Justiça por isso

Emanuel Colombari

Do UOL, em São Paulo

Nos últimos dias, um vídeo inusitado tem circulado em redes sociais e chamado a atenção de torcedores de diversos clubes. Afinal, teria o ex-árbitro José Roberto Wright furtado bacalhau em um supermercado?

Nas imagens em questão, o funcionário de uma rede de supermercados aborda um cliente no estacionamento do estabelecimento. Na abordagem, flagra o furto de uma embalagem de bacalhau às vésperas da Páscoa. O abordado resiste, mas cede e admite o furto, devolvendo o pacote.

Entre um compartilhamento e outro, alguém - não se sabe quem - assumiu que o cliente em questão seria o ex-árbitro José Roberto Wright. Mas Wright não gostou de ver sua imagem associada ao furto, e promete: o responsável, seja quem for, vai se dar mal pela brincadeira.

"Vai ficar caro para as pessoas que fizeram essa brincadeira de mau gosto", disse Wright, membro da Comissão Independente de Arbitragem da CBF, em entrevista por telefone ao UOL Esporte. "Já encaminhei para a Polícia Federal a queixa. Isso vai ficar ruim para quem fez."

Comentarista de arbitragem da Rede Globo entre 1998 e 2011, Wright inclusive brincou com algumas "falhas" apontadas no registro.

Reprodução/GShow
"Os caras (que o identificaram no vídeo) são tão incompetentes que fizeram a filmagem da placa do carro, e a placa é de São Paulo", disse o ex-árbitro, que mora no Rio de Janeiro. "O cara parece mais com o (ator) Cássio Gabus Mendes (foto) do que eu. É um absurdo isso", acrescentou, em tom de brincadeira.

Entretanto, mesmo com o tom de brincadeira, Wright deixou claro que não gostou da repercussão.

"Rede social é para tratar de coisa séria", afirmou. "Vou meter o pau nos caras", completou, referindo-se aos responsáveis pela disseminação do vídeo com a falsa identidade.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos