Diretor de time inglês é detido em investigação de fraude em transferências

DO UOL, em São Paulo

  • Stu Forster/Getty Images

Uma operação do departamento responsável pela fiscalização de impostos no Reio Unido (HMRC) realiza nesta quarta-feira uma operação em cidades da Inglaterra e da França em busca de documentos relativos a uma investigação sobre fraudes em transferências no futebol do país.

Segundo diversos jornais do país, como "The Guardian" e "Daily Mail", o diretor-geral do Newcastle, Lee Charnley, foi detido durante a operação. Ainda não há detalhes sobre as acusações que pesam sobre o dirigente do clube que garantiu no último fim de semana o retorno à primeira divisão do Campeonato Inglês.

O West Ham, de Londres, é outro clube alvo da operação, mas segundo o "The Guardian" o clube está cooperando com a investigação.

Em comunicado, a HM Revenue and Customs (HMRC) disse que divulgará mais informações sobre a operação.

"A HMRC prendeu vários homens que trabalham dentro da indústria profissional do futebol por suspeitas relativas ao Imposto de Renda e Fraude de Seguro Nacional.

"180 oficiais da HMRC estão em operação em todo o Reino Unido e França hoje. Os investigadores fazem buscas em uma série de instalações no Nordeste e no Sudeste da Inglaterra e detiveram homens e também apreenderam registros comerciais, registros financeiros, computadores e telefones celulares", disse.

"As autoridades francesas estão ajudando a investigação do Reino Unido, fizeram detenções e vários locais também passaram por buscas na França. A investigação criminal envia uma mensagem clara que, seja quem for, se você comete fraude fiscal você pode esperar para enfrentar as consequências. Como esta é uma investigação em curso, a HMRC é incapaz de fornecer mais detalhes neste momento. "

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos