Gilberto diz querer renovar o seu contrato: "Meu foco será sempre o SP"

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • MARCELLO FIM/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

    O atacante Gilberto, do São Paulo

    O atacante Gilberto, do São Paulo

Artilheiro do São Paulo nesta temporada, com 11 gols em 15 partidas, Gilberto tem vínculo com o São Paulo só até o fim deste ano. Por isso, a partir do segundo semestre, estará livre para assinar um pré-contrato com outro clube. O jogador, porém, deixa claro a sua intenção de permanecer no Tricolor.

"Sempre disse que estou disposto a ficar no São Paulo. Em nenhum momento falei que não queria ficar ou tinha dúvida. Meu foco sempre vai ser o São Paulo. Só depois, quando estiver em outro clube que terei de focar nele", afirmou o jogador.

Segundo a reportagem do UOL Esporte apurou, o presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, já começou a negociar com o estafe do atacante. O dirigente recebeu o aval de Rogério Ceni para manter o centroavante no elenco.

"A diretoria não me procurou, porque não sou eu que trato disso. Pedi para não falarem sobre o assunto comigo. Se tem ou não negociação, está escondido com eles e não comigo", despistou o jogador.

Depois da eliminação na semifinal do Campeonato Paulista com o Corinthians, o São Paulo voltou a treinar nesta quarta-feira, no CT da Barra Funda. Os jogadores trabalharam apenas o físico. O Tricolor só volta a jogar  a jogar no dia 11 de maio, contra o Defensa y Justicia, da Argentina, pela Copa Sul-Americana.  

"É chato ficar sem jogar, não gostamos. É treinar alguns dias, duas semanas praticamente. É bom para melhorar algumas coisas que o Rogério pediu para a gente se preparar ainda mais para o Brasileiro", disse o Gilberto, que disputa uma posição na equipe com Lucas Pratto.
 
"Ser titular é coisa casual. O Rogério falou muitas vezes sobre isso. Quando ele disse que queria contar comigo, falou que iria trazer um jogador de renome, para jogar. E eu queria ser treinado por ele, aceitei esses termos, poderia ter saído. Aí você aceita isso há quatro meses e agora quer mudar porque está numa boa situação? Não, você tem de ser homem. O Rogério foi bastante homem comigo. E estou aqui para ajudar", avisou Gilberto.
 
Para as recentes eliminações no estadual e na Copa do Brasil, o centroavante tentou encontrar uma explicação. "Vamos falar de estatística. O São Paulo foi melhor em tudo. Posse de bola, finalizações... Não tem onde errar. Aconteceu o que pode acontecer com qualquer time. Em uma semifinal, perder. Não queríamos, nenhum de nós está satisfeito com isso. Queríamos muito, sabíamos que ia ser pesado para gente. Agora serão passadas outras instruções. O Rogério deve montar o planejamento para o restante da temporada e vamos segui-lo à risca para sermos campeões", disse Gilberto. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos