Milton quer pinçar "meia dúzia" da base do Vasco. Conheça os pretendentes

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Técnico Milton Mendes tem gostado do que vê na equipe sub-20: 'Interessantíssimos'

    Técnico Milton Mendes tem gostado do que vê na equipe sub-20: 'Interessantíssimos'

Ainda sem poder fazer extravagâncias no mercado da bola, o Vasco deverá realizar poucas contratações para o Campeonato Brasileiro e voltará seus holofotes para a base. Com pratas da casa se destacando neste início de ano - como o volante Douglas, o lateral esquerdo Henrique e o meia Guilherme Costa - o técnico Milton Mendes tem observado as partidas do sub-20 e diz que há jogadores "interessantíssimos".

"Podemos, sim, contar com alguns jogadores que estão trabalhando aqui na base. Tem cinco, seis jogadores interessantíssimos. Vamos fazer uma reunião para ver o que podemos fazer, analisar, atendendo os campeonatos que estão disputando, para não chocar com isso. Mas gostaria de ver de perto uma meia dúzia de jogadores", disse o treinador ao site oficial do clube logo após assistir in loco a vitória do sub-20 por 3 a 0 sobre o Flamengo, que garantiu a classificação à final da Taça Guanabara da categoria.

Paulo Fernandes / Site oficial do Vasco
Milton Mendes observa o clássico entre Vasco e Flamengo pelo sub-20

Mendes revelou que faz um acompanhamento dos garotos assistindo aos jogos e recebendo as estatísticas e informações que recebe do Centro de Inteligência e Análise (CIA) do Vasco.

"Vejo todos os jogos do sub-20. Quando atuam fora, recebo os links dos jogos e um relatório individual dos jogadores. Ainda não consegui me reunir com os treinadores, mas pretendo ter reuniões periódicas. Os clubes brasileiros têm de usar muito a base, porque está difícil contratar jogadores. Se for para compor, vamos compor com nossos meninos", declarou.

Há dez anos no Vasco, o lateral esquerdo Henrique, que completou 23 anos nesta terça (25), ressaltou a importância de se valorizar a base.

"É muito importante. Nós já vínhamos há algum tempo esperando a nossa hora chegar e, graças ao Milton e ao Cristóvão que estava antes também, estão nos valorizando. É legal ver o pessoal da base sendo aproveitado, ver que o Milton está nos jogos observando", destacou.

O sub-20 vascaíno atravessa boa fase. Além da final da Taça Guanabara, que disputará neste domingo, às 10h, contra o Fluminense, nas Laranjeiras (RJ), o time enfrentará nesta quarta o São Paulo, às 17h, no Morumbi (SP), pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil da categoria. Na ida, em São Januário, o Cruzmaltino venceu por 1 a 0.
 

Conheça abaixo os principais pretendes a uma chance com Milton Mendes:


Ricardo – zagueiro (20 anos)

Mateus Alves / Site oficial do Vasco

Está na ponta da agulha para ter uma oportunidade com Milton Mendes. Apontado como substituto de Luan pelo próprio zagueiro que foi para o Palmeiras, ele vem treinando com os profissionais em algumas oportunidades e deverá ser efetivado definitivamente já para o Campeonato Brasileiro. Isto só não havia acontecido até agora porque ele não foi inscrito para o Campeonato Carioca.

Quando Luan acertou sua transferência, fez questão de ligar para Ricardo e dar conselhos ao jovem.

Andrey – meia (19 anos)

Divulgação/Site oficial do Vasco

Com passagens pelas seleções brasileiras sub-15, sub-17 e sub-20, é considerado um meia moderno, que pode jogar tanto como volante quanto como meia.

Já treina entre os profissionais em algumas ocasiões e fez parte de um projeto fisiológico e muscular desenvolvido pelo Caprres (Centro Avançado de Prevenção, Recuperação e Rendimento Esportivo) para promessas da base. Foi autor de um golaço na semifinal da Taça Guanabara sub-20 contra o Flamengo.

Mateus Pet – meia (18 anos)

Marcelo Sadio / Site oficial do Vasco

Também com passagens pelas seleções brasileiras sub-15, sub-17 e sub-20, Mateus Pet já teve oportunidade de atuar entre os profissionais aos 17 anos. Foi o ex-técnico Jorginho quem fez a aposta no garoto, visto como promessa desde muito jovem. Ele estreou justamente contra o Coritiba, no jogo que rebaixou a equipe no Brasileiro de 2015.

O meia, no entanto, ainda não desabrochou totalmente e faz transições entre o sub-20 e a equipe principal.

Alan – lateral esquerdo (19 anos)

Divulgação/Site oficial do Vasco

Com passagem pela seleção brasileira sub-17, o lateral esquerdo é o atual capitão da equipe sub-20. Foi aproveitado pelo técnico Cristóvão Borges na pré-temporada dos profissionais este ano, disputou a Flórida Cup, nos Estados Unidos - onde chegou a ser titular - e duelou por uma vaga com Henrique, que levou a melhor e se firmou entre os titulares.

Alan, então, voltou para os juniores, tem sido um dos destaques do time e pode voltar a ter oportunidades no profissional no Campeonato Brasileiro.

Paulo Vitor – atacante (17 anos)

Carlos Gregório Jr / Vasco.com.br

Atualmente servindo a seleção brasileira sub-20 que se prepara para o Torneio de Toulon, na França, ele tem sido o principal destaque dos juniores este ano e acabou de assinar seu primeiro contrato profissional, renovando-o até 2020. Foi pivô de um grande imbróglio judicial com o Fluminense, quando se desligou do Tricolor em 2016 para voltar a atuar pelo Vasco.

É o artilheiro do sub-20 vascaíno na temporada tendo já feito 14 gols, sendo um deles o da vitória por 3 a 0 sobre o Flamengo na semifinal da Taça Guanabara.

Paulinho – atacante (17 anos)

Paulo Fernandes / Site oficial do Vasco

O jovem atacante foi campeão sul-americano sub-17 recentemente no Chile com a seleção brasileira fazendo uma parceria com o badalado Vinícius Júnior, do Flamengo, que tem sido monitorado por clubes europeus como o Barcelona.

Por ainda ser muito jovem, deverá ter uma rodagem um pouco maior pelo sub-20 antes de ser efetivado definitivamente para o profissional.

"A gente está tendo a oportunidade de jogar na seleção e conquistamos o título. Se Deus quiser, vamos ter uma oportunidade no profissional. Claro que primeiramente vamos pensar na base. Cada clube tem o seu projeto com cada jogador. Primeiro vamos pensar na base para que, se Deus quiser, vamos conseguir subir para os profissionais", disse ao Sportv.

Bruno Cosendey – volante/meia (20 anos)

Paulo Fernandes / Site oficial do Vasco

Com passagem pela seleção brasileira sub-20, Bruno Cosendey possui uma bagagem europeia mesmo ainda não tendo recebido uma oportunidade nos profissionais. Ele foi emprestado por dois anos ao Vitória de Guimarães, de Portugal, numa transação para lá de polêmica.

Na época, um áudio de Whatsapp vazou na internet onde o pai do jogador denunciava um suposto esquema na base do Vasco em que seu filho estaria sendo boicotado. Bruno cumpriu o contrato de empréstimo e retornou ao Cruzmaltino este ano, voltando à condição de titular do sub-20.

Cosendey é polivalente e pode jogar como volante e meia. Costuma ser um dos homens das bolas paradas também.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos