Time de Felipão e Paulinho pode ser punido por faixa polêmica de torcida

Do UOL, em São Paulo

  • Anthony Wallace/AFP

O Guangzhou Evergrande, time treinado por Luiz Felipe Scolari e que tem Paulinho em seu elenco, enfrentará um processo disciplinar da Confederação Asiática de Futebol (AFC) depois que torcedores do clube exibiram uma faixa contra o movimento de independência de Hong Kong.

"Aniquilar os cães britânicos, extinguir o veneno da independência HK", dizia a faixa, exibida durante a goleada da equipe por 6 a 0 sobre o Eastern AA, de Hong Kong, pela Liga dos Campeões da Ásia.

O código de ética da federação asiática diz que os clubes podem ser punidos com a disputa de pelo menos dois jogos de portões fechados por causa de "palavras ou ações" ofensivas de seus fãs. Já os torcedores podem ser punidos por até dois anos.

Hong Kong é uma antiga colônia britânica. O território foi devolvido à China em 1997, sob a promessa de que gozaria de um alto grau de autonomia. Porém, movimentos separatistas em Hong Kong buscam a independência em relação ao país.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos