Três atletas faltam ao treino do Santos. Dois deles por causa da greve

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Ricardo Oliveira e Renato ficaram preso no trânsito e foram ausências no treino

    Ricardo Oliveira e Renato ficaram preso no trânsito e foram ausências no treino

O técnico Dorival Júnior não pode contar com três jogadores no treino desta sexta-feira, no CT Rei Pelé. O volante Renato, o atacante Ricardo Oliveira e o meia Vecchio. Os dois primeiro foram ausências por causa das manifestações em dia de greve geral.

Ricardo Oliveira mora em um condomínio fechado em Alphaville, em São Paulo, e ficou preso no trânsito. O mesmo ocorreu com o volante Renato. Ele reside em Santos-SP, mas viajou na folga e estava fora da cidade.

A dupla deve compensar o atraso com treino na academia, pois perderam a atividade tática em campo reduzido.

Vecchio, por sua vez, não compareceu devido a um problema de saúde de sua filha. O meia interessa ao Rosário Central e também negocia a sua saída do Santos. O argentino não foi inscrito nas competições que o clube paulista disputa.

O presidente Modesto Roma visitou o CT Rei Pelé nesta sexta-feira e se reuniu com o técnico Dorival Júnior. O Motivo da reunião não foi divulgado pelo clube.

Após vencer o Paysandu por 2 a 0 na última quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Santos volta a campo diante do Santa Fe, na próxima quinta-feira, no estádio do Pacaembu, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos