Após invasão no Bernabéu, Real retira benefícios a mais de 600 sócios

do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / DIMITAR DILKOFF

O clássico perdido pelo Real Madrid contra o Barcelona ainda está rendendo dores de cabeça para o clube madrilenho. Após ter sido constatado que diversos sócios titulares revenderam suas entradas para o clássico, o Real Madrid, em coordenação e colaboração com a Polícia Municipal de Madrid, resolveu retirar os benefícios de 635 sócios.

A revenda por sócios é proibida pela UEFA, FIFA e pelo próprio clube. Somente a cessão desses ingressos dos sócios é permitida. Mesmo antes do jogo contra o Barcelona, a Associação de Sócios do Real Madrid já denunciava a venda destes ingressos em sites ligados ao clube, que vendem ingressos comuns, mas que também estavam disponibilizando ingressos de sócios.

A pressão sobre o clube ficou maior após a reclamação da torcida do Real, que se queixou da enorme comemoração do gol de Messi dentro do Santiago Bernabéu, casa do Real Madrid, aos 92 minutos e que decretou a vitória do Barcelona pelo placar de 3 a 2.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos