Argentina quer que Messi vá para julgamento para reduzir punição

Do UOL, em São Paulo

  • Mike Stobe/AFP

O presidente da Associação Argentina da Futebol (AFA), Claudio Tapia, deseja que Messi se apresente, na próxima quinta-feira (4), em Zurique, para tentar reduzir a suspensão de quatro jogos que lhe foi imposta por ter xingado o árbitro no jogo contra o Chile, pelas Eliminatórias. 

"Vamos falar nesta sexta-feira com ele (Messi) para fazer a escolha certa, porque é importante que ele esteja na Suíça na próxima quinta-feira perante os oficiais da FIFA para ver se conseguimos uma redução da pena de quatro jogos pela seleção", disse o presidente da AFA, em entrevista ao Marca.

Tapia também falou sobre a pressão que o craque argentino está submetido. "É preciso estar em seu corpo e sofrer tudo que ele sofre, porque não é fácil ser reconhecido na seleção como no Barcelona. É por isso que nós fomos pedir para que preservassem Messi e na primeira reunião que tivemos com com o presidente da FIFA, Gianni Infantino, no Chile, falamos sobre isso", disse.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos