Ceni fala em satisfação com vida de técnico e destaca importância de Lugano

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Julia Chequer/Folhapress

    Rogério Ceni deve aprovar a renovação de contrato de Lugano

    Rogério Ceni deve aprovar a renovação de contrato de Lugano

Desde o início desta temporada, Rogério Ceni vive uma rotina diferente. Após 23 anos como goleiro profissional, ele passou a trabalhar como treinador do São Paulo. Apesar das eliminações recentes no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil, o ex-jogador faz um balanço positivo da rotina na nova profissão.

"Está sendo muito parecido com o que idealizei. A diferença é que você não entra mais em campo e isso muda a sua cabeça. Está sendo satisfatório, mesmo com todas as dificuldades. O torcedor cria expectativa de vitórias e títulos, mas nem sempre você consegue, o que te frustra. Como técnico, você assume a responsabilidade pelos resultados ruins. Em compensação, você aprende diariamente, consegue lidar com os treinamentos, com as variações", disse Ceni.

Para o restante da temporada, o treinador não cogita mudanças drásticas no sistema de jogo da equipe. Até agora, o São Paulo priorizou a parte ofensiva, jogando boa parte das partidas no 4-3-3.

"De início, não penso [em jogar com três zagueiros]. Temos um estilo bem definido, especialmente contra equipes que jogam com linha baixa, defensiva. Qualquer time tem dificuldade de finalizar, de chegar à área. A gente pensa em nesses dias melhorar o índice de finalizações, de chegadas pelas linhas laterais. Encontrar alternativas para melhorar o poderio defensivo, tentar sofrer menos contra-ataques", explicou Ceni.

Durante a entrevista coletiva concedida antes do treino desta sexta-feira, no CT da Barra Funda, o técnico também falou sobre a situação de Lugano. O jogador tem futuro incerto no São Paulo. O zagueiro tem contrato até o dia 30 junho. A diretoria do clube deixou claro que pretende ouvir a opinião de Rogério Ceni sobre o zagueiro, que deve ter a sua renovação aprovada pelo técnico.

"Temos até 30 de junho, a diretoria ainda tem de passar uma posição, com o Lugano ainda não conversei. É um jogador, para mim, de muita importância, pela liderança dele, a postura. Vamos conversar mais para a frente", afirmou Ceni.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos