Genro de Juvenal é escolhido por Leco para integrar conselho do São Paulo

José Eduardo Martins e Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

  • José Eduardo Martins/UOL

    O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco

    O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco

Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, definiu quem será o terceiro integrante do Conselho de Administração do São Paulo. O presidente do clube vai nomear Julio Conejero, genro do ex-mandatário Juvenal Juvêncio - morto em dezembro de 2015.

O indicado é diretor geral de uma associação de laboratórios farmacêuticos. Coincidentemente, ele foi funcionário de uma empresa da família do ex-diretor de futebol e opositor de Rogério Ceni, Adalberto Baptista. Sendo que algumas pessoas da própria situação tentaram indicar Adalberto para o cargo, que foi vetado por Leco.

Além de Conejero, Leco definiu os nomes de Raí e Saulo de Castro, secretário do governador Geraldo Alckmin. O órgão também será composto por outras seis pessoas: o presidente do clube (Leco); o vice (Roberto Natel); um integrante do Conselho Consultivo e três conselheiros eleitos (Julio Casares, Silvio Medici e Adilson Alves Martins).

Os nomes serão oficializados até a próxima quarta-feira. Os integrantes do Conselho têm de participar de reuniões mensais no clube. As suas atribuições serão de: fiscalização das diretorias; aprovação de currículos e remunerações para diretores executivos e funcionários; exame e aprovação de contratos e documentos; escolha de auditores independentes; aprovação e controle da proposta orçamentária a ser submetida ao Conselho Deliberativo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos