Líder do melhor ataque do Paranaense, Kléber encara jejum contra o Atlético

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Guilherme Artigas/FotoArena/Estadão Conteúdo

    Para ajudar o Coxa a ser campeão, Kléber precisa encerrar jejum contra o Atlético-PR

    Para ajudar o Coxa a ser campeão, Kléber precisa encerrar jejum contra o Atlético-PR

Artilheiro do Campeonato Paranaense com dez gols e principal nome do melhor ataque do torneio (o Coxa balançou as redes 26 vezes) o atacante Kléber precisará quebrar um jejum contra o rival Atlético-PR para tentar fazer do Coritiba o campeão da temporada.

Contratado em 2015 e com 67 partidas e 34 gols pelo clube, Kléber já enfrentou o Atlético-PR em seis ocasiões com a camisa alviverde. São três vitórias e três derrotas no período e nenhum gol marcado. Ele teve a chance no Atletiba da fase de classificação, quando cobrou um pênalti na trave. O Coxa poderia ter aberto o placar, mas acabou levando 2 a 0 e saiu derrotado pelo time B do rival na Arena da Baixada.

A cisma de Kléber com o Furacão é antiga. Nem mesmo atuando por outros clubes ele conseguiu marcar contra o rival do Coritiba. Pelo Grêmio foram três jogos e nenhum gol. Vestindo a camisa do Cruzeiro Kléber passou em branco na única ocasião em que encarou o Atlético-PR. Pelo Palmeiras, mesmo em grande fase – com direito a três vitórias sobre esse adversário em quatro jogos, com Kléber em campo por 90 minutos em três jogos – nada de bola na rede. E pelo São Paulo, clube em que começou a carreira, um jogo e nada. Foram 4 vitórias, 3 empates e 2 derrotas para o rival de domingo com essas camisas. Pelo Vasco, não encarou o Atlético-PR.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos