Diretor do Corinthians diz que futuro de Pottker será o futebol chinês

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Vorley/Agif

    Pottker passou em branco na primeira partida da final do Paulistão

    Pottker passou em branco na primeira partida da final do Paulistão

O diretor de futebol do Corinthians, Flávio Adauto, voltou a falar sobre o atacante William Pottker. O jogador da Ponte Preta esteve perto de fechar com o clube corintiano no começo de fevereiro, mas a transferência não foi concretizada porque o atacante entrou em campo pela equipe de Campinas na Copa do Brasil.

Segundo Adauto, a frustração pela negociação fracassada durou pouco e logo foi esquecida. "Duas horas depois (acabou). No dia seguinte, a repercussão e o falatório existiam. Mas não tivemos trauma por isso", disse em entrevista à Rádio Bandeirantes na noite desta segunda-feira.

O diretor de futebol corintiano ainda citou os motivos que levaram o Corinthians a desistir de Pottker, que acertou com o Inter dias depois. "Ele atuar pela Ponte na Copa do Brasil foi apenas a gota d'água. Os termos do contrato não favoreciam o Corinthians, não aceitamos. O departamento jurídico sugeriu que não fizéssemos", afirmou.

Adauro também disse que jogador deve atuar pelo futebol da China no futuro. "Se o jogador vier a jogar na seleção, será ótimo. Pelo que sei o futuro a curto prazo é o futebol chinês. Será uma passagem pelo Inter", frisou.

Por fim, o cartola do Corinthians ressaltou que o clube conseguiu contratar jogadores que obtiveram bom desempenho até aqui. "O que buscamos firmemente, conseguimos. Para nós importa o que temos hoje", afirmou Adauto.

No último domingo, Corinthians e Ponte Preta disputaram a primeira partida da final do Campeonato Paulista. O time corintiano venceu por 3 a 0 em Campinas - Pottker teve uma atuação discreta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos