Influência tupiniquim. Nova cria do Barça tem Deco e Rivaldo como espelhos

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona

  • Nils Petter Nilsson/Getty Images

Aos 4 anos, Carles Alenà pedia para ser chamado de Rivaldo. Com 8, queria ser como Deco. A nova promessa do Barcelona tem como ídolos os jogadores brasileiros que passaram pelo clube. Agora, a expectativa gerada é a de trilhar o mesmo caminho de sucesso.

O fim da temporada no Barcelona abre espaço para a ascensão de Alenà. O meia catalão de 18 anos formado em La Masia, a renomada fábrica de craques do clube, já se consolidou no profissional.

"Tenho dez anos de clube. Comecei sonhando em ser Rivaldo e depois vi o Deco jogar, que é meu maior ídolo. Hoje sou honrado em aprender cada dia mais com o Iniesta. É uma enorme satisfação participar desse elenco", destacou Alenà depois de estrear com gol pelo Barcelona no empate por 1 a 1 contra o Hercules, pela primeira fase da Copa do Rei, em dezembro.

Na partida em questão, o Barcelona atuou apenas com jogadores reservas. Alenà foi então convocado por Luis Enrique e teve a chance de jogar desde o início. Ele agradou tanto, que jamais voltou ao Barça B.

A aparição do meia virou comum. Chegou a ser convocado para o duelo de volta contra a Juventus, pelas quartas de final da Liga dos Campeões. Ainda fez outros três jogos no Campeonato Espanhol vindo do banco de reservas.

Alenà foi destaque nas categorias de base do clube, sendo capitão do time desde os 10 anos. No Juvenil ainda ganhou projeção internacional ao marcar um lindo gol em partida contra a Roma, pela Liga dos Campeões da categoria. No lance, parte com a bola dominada no meio-campo e dribla três jogadores antes de acertar um belo chute no canto direito do gol.

"Consigo notar um alto valor nesse jovem. Aos poucos tenho certeza que vai se consolidar no Barcelona", comentou o treinador do Barcelona, Luis Enrique.

Carles Alenà também tem moral elevada no clube pelo fato de ser catalão. Por isso, as comparações com os ídolos Rivaldo e Deco dividem espaço com Xavi, uma unanimidade entre os torcedores.

"Alenà tem a perna esquerda potente de Rivaldo e a técnica em campo de Deco. Mas todos esperam que o caminho seja igual ao de Xavi, com títulos, liderança e referência para futuros jogadores", destacou o jornal esportivo catalão Mundo Deportivo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos