Torcedor em final, Ronaldo se reaproxima e fecha acordo com o Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Ronaldo e o filho Ronald acompanham vitória do Corinthians em Campinas

    Ronaldo e o filho Ronald acompanham vitória do Corinthians em Campinas

Presença ilustre em Ponte Preta 0 x 3 Corinthians, o ex-jogador Ronaldo esteve nos vestiários e camarotes do Moisés Lucarelli no último domingo e fortaleceu sua reaproximação ao clube. Nos próximos dias, de acordo com o diretor de marketing Fernando Sales, um acordo será assinado com a Octagon, agência da qual o Fenômeno se tornou sócio recentemente. 

"Estamos com um parceria. Ele tem uma empresa de representação e estamos fazendo um contrato para formalizar isso. O contato já existe há algum tempo, mas agora estamos com as minutas de contrato sendo preparadas", explicou Fernando Sales. 

As conversas entre Octagon, empresa à qual Ronaldo se associou recentemente após deixar a Nine, e Corinthians, tiveram início há aproximadamente dois meses. O Fenômeno não teve qualquer participação nos patrocínios apresentados pelo clube em 2017, como Minds Idiomas, Foxlux, Alcatel e Universidade Brasil, mas pretende aproximar o clube de grandes empresas. 

Nos vestiários em Campinas, Ronaldo demonstrou frustração por não conseguir chegar a tempo de conversar melhor com atletas. Aos dirigentes, ele admitiu que se perdeu no Estádio Moisés Lucarelli e teve dificuldades em encontrar o local correto, mas cumprimentou rapidamente jogadores e funcionários. Além de torcer bastante, acompanhado do filho Ronald, ele fez elogios a Pablo, Rodriguinho e se impressionou com a rápida readaptação de Jadson ao futebol brasileiro. 

Fábio Carille falou sobre a visita. "Eu tive a oportunidade e o prazer de trabalhar com ele dois anos, em 2009 e 2010. Ele não falou nada, chegou no vestiário na hora em que estávamos saindo pelo túnel. Ele cumprimentou um a um e desejou boa sorte, só. Mas é uma presença forte, um cara positivo, dá o impacto. Agradeço por ele ter ido ao vestiário", comentou. 

"Foi muito legal a presença dele aqui", elogiou Rodriguinho. "Não só para a torcida, os brasileiros, para nós jogadores. Só a presença dele ali, motiva de uma forma muito legal. Chegou um pouquinho atrasado, dava para chegar um pouquinho antes e ficar com a gente. Se estivesse aqui iria pagar uma caixinha, né? (risos). Mas foi muito importante, motivacional ", disse ainda o meia. 

Na gestão Roberto, empresa de Ronaldo processou o Corinthians, que cancelou contrato de embaixador

Dentro da gestão Roberto de Andrade, o ex-jogador tem tido participação discreta. Ele chegou a se envolver no processo eleitoral do Corinthians em fevereiro de 2015, com visita ao CT Joaquim Grava e divulgação de vídeo para conselheiros no pleito contra Antônio Roque Citadini, mas desde então só foi visto em uma partida em Itaquera.

Em outubro daquele ano, a Nine, empresa do Fenômeno, chegou a cobrar dívida do clube judicialmente. Roberto, aliás, foi o presidente que finalizou um contrato secreto para que Ronaldo atuasse como embaixador após pendurar as chuteiras

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos