Campeonato Italiano mantém suspensão de Muntari após jogador abandonar jogo

Do UOL, em São Paulo

  • Fabio Murru/Ansa/AP

A organização do Campeonato Italiano decidiu manter a suspensão de Sulley Muntari mesmo após o pedido da Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol (FIFPro). No último domingo (30), o jogador do Pescara abandonou o campo contra o Cagliari após ouvir gritos racistas e recebeu dois cartões amarelos.

Por causa disso, Muntari não poderá jogar pelo Pescara no próximo domingo (7), quando o Pescara receberá o Crotone, pelo Campeonato Italiano.

O primeiro cartão amarelo foi mostrado ainda em campo para Muntari. O jogador reclamou com o árbitro sobre a atitude dos torcedores e acabou recebendo a advertência.

"Ficaram gritando para mim desde o começo. No início, vi crianças em um pequeno grupo e fui até os pais para entregar minha camisa e dar o exemplo. Mas [os gritos] continuaram com outro grupo em outra parte do estádio. Fui falar com eles, mas o árbitro me disse que eu tinha que deixar para lá", explicou o jogador africano após a partida.

"Foi então que eu me irritei. Por que ao invés de parar a partida eu é que tinha que deixar? Os torcedores são responsáveis, mas o árbitro deveria ter feito outra coisa. Não sou uma vítima, mas tenho certeza que se parassem os jogos, esse tipo de coisa não voltaria a acontecer", acrescentou.

O cartão vermelho foi mostrado quando Muntari decidiu abandonar o campo. O jogador foi até os torcedores e mostrou seu braço gritando: "é a minha cor, é a minha cor".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos