Jadson quer camisa 10 do Corinthians e diz que erguer taça seria uma honra

Dassler Marques e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • NACHO DOCE/Reuters

    Jadson comemora gol marcado depois do retorno ao Corinthians

    Jadson comemora gol marcado depois do retorno ao Corinthians

Jadson ajudou o Corinthians a abrir vantagem contra a Ponte Preta no último domingo em Campinas. Com a camisa 77, o meia marcou o segundo gol da vitória por 3 a 0. Nesta terça-feira, o jogador falou sobre a numeração usada no Campeonato Paulista e admitiu que gostaria de usar a 10 após a saída de Guilherme.

"O número 77 a diretoria falou comigo, entramos em consenso para eu ficar com essa camisa, para homenagear os jogadores. Ninguém esperava que pegaríamos a Ponte. Depois do Paulista, já que o Guilherme saiu, eu preferia a 10. Vou falar com a diretoria, mas acho que não terá problema já que está vago", disse Jadson.

Perto de conquistar mais um título pelo Corinthians, o meia ainda falou sobre a expectativa de ser escolhido capitão do time no próximo domingo.

"Carille ainda não falou nada sobre isso, mas independente de quem levantar, o importante é ser campeão. Mas eu ficaria honrado de levantar a taça pelo Corinthians. Mas independente disso, o importante é ser campeão", afirmou.

Jadson também voltou a comentar sobre análises feitas antes de o Paulistão começar. Naquela ocasião, o Corinthians chegou a ser apontado como a quarta força do Estado.

"Ser considerada a quarta força só nos motivou. Ainda bem que o grupo soube absorver e gerar para o lado de jogar bem e reverter a situação. O grupo está de parabéns pela forma como foi conduzido o trabalho, nunca desmerecendo ninguém. Para terminar bem o ano, temos que ganhar esse campeonato para dar confiança ao Carille e a todos", frisou Jadson.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos