Léo Moura admite oscilação, mas pede para Grêmio "não se apavorar"

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Léo Moura não estava no Grêmio em 2016, mas sabe: o time atual ainda não está no mesmo nível daquele que venceu a Copa do Brasil. Nesta sexta-feira (5), o lateral direito reconheceu oscilações na equipe, mas rebateu o status de que o Tricolor vem jogando pouco. Nas palavras do camisa 88, os jogadores não podem se abater e muito menos se 'apavorar'.

Fora da final do Gauchão, o Grêmio perdeu a primeira na Libertadores para o Iquique-CHI, na quarta-feira, mas segue na liderança do grupo 8. E praticamente classificado às oitavas de final.

"(Vamos) administrar com tranquilidade. Lógico que a gente não queria de fora da final de estadual, nosso objetivo era conquistar esse título. Na Libertadores ainda estamos em primeiro lugar do grupo e, na minha concepção, já estamos até classificados. Um vai enfrentar o outro e a gente vai jogar contra o último colocado em casa. Precisando de um ponto. Mas a gente quer o primeiro lugar, a gente tem isso em mente, o primeiro lugar do grupo. Vamos ter uma semana até a estreia do Brasileirão, a equipe está tranquila. Não é momento para se apavorar. É ter tranquilidade", disse Léo Moura.

O Grêmio de 2017 tem 56,5% de aproveitamento, mas oscilações significativas. Eliminado pelo Novo Hamburgo, na semifinal do estadual, o time também abriu 3 a 0 contra o mesmo Deportes Iquique-CHI em casa e terminou o jogo sustentando vitória por 3 a 2. Nem mesmo na vitória por 4 a 1 em cima do Guaraní-PAR houve menção ao futebol de 2016.

"O Grêmio ainda precisa evoluir para chegar ao padrão do ano passado. Com certeza, durante as competições, o grêmio vai chegar a esse momento. Temos gente fora, oscilando com as lesões e entradas. Mas o Grêmio tem um elenco forte para apresentar futebol ainda melhor", comentou o lateral direito.

O Grêmio volta a campo somente em 14 de maio, quando recebe o Botafogo na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Neste final de semana, o elenco recebeu folga geral. Renato Gaúcho foi liberado um dia antes e viajou ao Rio de Janeiro já na quinta-feira. A reapresentação será na segunda à tarde.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos