Palmeiras trabalha com Cuca como única opção; problemas ficam 'no passado'

Danilo Lavieri e José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Palmeiras

    Cuca é a única opção trabalhada pela diretoria para substituir Eduardo Baptista

    Cuca é a única opção trabalhada pela diretoria para substituir Eduardo Baptista

Cuca, Cuca e Cuca. O Palmeiras trabalha com apenas uma opção para a vaga de Eduardo Baptista. De acordo com apuração do UOL Esporte, o clube alviverde abriu conversas com o treinador campeão brasileiro no ano passado; salários e tempo de contrato, ainda em discussão, fazem a diretoria palestrina tratar o assunto com cautela.

O otimismo aumentou com a Crefisa sinalizando que está disposta a pagar parte dos salários do comandante, como mostrou o Blog do Ohata.

O apoio ajuda o clube a ficar mais otimista, uma vez que o Palmeiras se preparava para uma negociação difícil, imaginando uma pedida salarial elevada de Cuca, em comparação aos vencimentos do ano passado, durante a temporada vencedora na Série A. 

Estes detalhes fundamentais do contrato – salário e tempo de contrato – obrigam o Palmeiras a tratar o possível retorno de Cuca com cautela. O treinador é a única opção trabalhada no momento e os jogadores abriram a porta para a volta do antigo comandante, que se envolveu em conflitos com atletas como Dudu e Rafael Marques.

Em conversas com pessoas ligadas a jogadores do elenco, o perfil vencedor de Cuca, que tirou o Palmeiras de uma fila de 22 anos no Campeonato Brasileiro, e a necessidade imediata de resultados fizeram os atletas enterrarem qualquer problema no passado.

Galiotte diz que time de Baptista oscilou muito e tem pressa por substituto

Até o presidente Mauricio Galiotte se pronunciou sobre este assunto mais cedo, em entrevista concedida pela manhã na Academia de Futebol. O dirigente disse desconhecer qualquer problema de relacionamento com Cuca na última passagem pela Academia de Futebol.

"Não sei de nenhum problema administrativo, com diretoria e jogadores. O que sei é que ele saiu em dezembro, como campeão brasileiro e por problemas pessoais. Em novembro, quando eu ainda era candidato, ele veio me falar isso. Ele pedia seis meses com a família", declarou.

Há a expectativa para um consenso entre Cuca e diretoria do Palmeiras para os próximos dias. O clube trabalha com pressa para anunciar o novo comandante até segunda-feira, em virtude da mini pré-temporada que o elenco terá pela frente a partir da semana que vem.

O próximo compromisso do Palmeiras está agendado apenas para sábado, dia 14, contra o Vasco, no Allianz Parque, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O grande objetivo da diretoria, no entanto, é a Libertadores, e o duelo decisivo contra o Atlético Tucumán ocorrerá apenas em 24 de maio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos