Próximo de título, Anderson cita CR7 e compara Coritiba com Leicester

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • AI Coritiba

    Anderson vê Coxa com grandes possibilidades no ano

    Anderson vê Coxa com grandes possibilidades no ano

O meia Anderson, um dos destaques do time na vitória por 3 a 0 sobre o rival Atlético-PR na primeira partida das finais do Paranaense, vê o Coritiba em condições de fazer um grande brasileiro e almejar voos mais altos a partir da conquista do Estadual, que pode ser selada nesse domingo (07) às 16h no Couto Pereira. Para voltar a ser campeão após 4 anos, o Coxa pode até perder por 0 a 2 para o Furacão que ainda assim comemorará seu 38º caneco paranaense.

"Esse título é importante, não só pra minha carreira, mas para quem tá começando também. Acho que a concentração tem que vir dos jogadores para qualquer jogo. O (mítico técnico do Manchester United, Alex) Ferguson batia muito nisso. Qualquer descuido pode acontecer o gol", analisou, precavido com uma possível reação atleticana. Depois da bela atuação na Arena, Anderson vê um Coxa capaz de fazer um grande Brasileirão. "Não pode só se contentar com esse jogo. Tem que ser daqui pra cima", disse, para então comparar o clube com o Leicester, que surpreendeu a Inglaterra na temporada passada.

"Eu trabalhei com diversos jogadores diferentes, desde o melhor do Mundo até aquele que está começando a carreira. A gente está montando o grupo, deve chegar mais gente para ajudar no Brasileiro. A gente está trabalhando aos poucos para ir bem no Brasileiro. Hoje em dia não tem mais time pequeno no futebol. O Leicester foi campeão outro dia. O jogador tem que querer", comentou citando sua opinião sobre Cristiano Ronaldo, com quem jogou em Manchester.

O meia disse crer que está em recuperação de seus melhores dias, mas ainda se vê abaixo do que pode apresentar. "Eu não me sinto ainda 100%. Durante os dois últimos anos da minha carreira eu tive muitas lesões, lesões graves. Aqui no Coritiba eu consegui recuperar a confiança e ter uma sequência de jogos", avaliou. Antes de chegar ao Coxa, Anderson teve uma passagem difícil pelo Internacional, caindo junto com o elenco para a Série B nacional pela primeira vez na história.

O jogador foi revelado pelo arquirrival colorado, o Grêmio, e se destacou na histórica "Batalha dos Aflitos", quando o tricolor gaúcho conseguiu uma improvável vitória com quatro jogadores expulsos contra o Náutico em Recife, e voltou à primeira divisão nacional. O gol do 1 a 0 foi de Anderson. Depois, rumou à Portugal e Inglaterra, sendo campeão nacional nos dois países, e Mundial e Europeu pelo United. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos