City oferece novo contrato a Touré, mas com 50% do salário, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters

    Yaya Touré celebra gol marcado em sua volta ao elenco do Manchester City

    Yaya Touré celebra gol marcado em sua volta ao elenco do Manchester City

A despeito de ter perdido status no elenco desde a contratação do técnico Pep Guardiola e de ter vivenciado uma temporada extremamente irregular, o marfinense Yaya Touré, 33, ainda pode continuar no Manchester City. Desde que aceite, segundo o jornal "Daily Star", menos da metade do atual salário.

De acordo com o periódico, a questão financeira é o principal entrave nas discussões entre City e o estafe de Touré. O jogador recebe 230 mil libras semanais atualmente, e a diretoria só admite pagar 100 mil libras semanais a partir da próxima temporada.

A oferta é uma boa demonstração de quanto Touré perdeu espaço no City. Até a contratação de Pep Guardiola, o marfinense era o principal jogador da equipe inglesa e estava extremamente valorizado pela diretoria.

Guardiola, contratado no início da temporada, inicialmente tirou Touré do elenco. O técnico chegou a discutir publicamente com Dimitri Seluk, agente do meio-campista, e depois reconduziu o jogador às opções para partidas oficiais.

Ainda segundo o "Daily Star", Touré tem uma oferta da China para a próxima temporada. O negócio, evidentemente, seria a opção financeiramente mais vantajosa para o jogador, que ainda não estabeleceu prazo para tomar uma decisão sobre o futuro profissional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos