Após briga por direitos de imagem, Maradona será embaixador do PES

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Diferente do que tudo indicava, a queda de braço entre Diego Maradona e a Konami, empresa que desenvolve o jogo Pro Evolution Soccer 2017, chegou ao fim de maneira bastante lucrativa para a companhia e boa para a empresa. O argentino será embaixador do PES.

Maradona ameaçava processar a Konami por uso indevido de sua imagem no jogo de videogame. A empresa, em sua defesa, afirmava que os direitos do ex-jogador haviam sido acordados com o Barcelona, clube com o qual a companhia japonesa tem um acordo comercial.

A explicação, no entanto, não fez Maradona desistir do processo e levou representantes da companhia até a Argentina para negociar o assunto com o ex-jogador e seus advogados. E agora parece que tudo deu certo.

A reunião terminou com um acordo de que a empresa pagará uma quantia não determinada ao ex-jogador, que ainda será o embaixador oficial do PES até 2020.
Maradona afirmou que já sabe o que fará com o dinheiro que receberá da empresa: construirá campos de futebol para crianças.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos