Capello afirma que David Luiz "não sabe marcar" e conta bastidores do Real

Pedro Ivo Almeida e Rodrigo Mattos

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Philippe Desmazes/AFP Photo

Em sua palestra na CBF, no seminário de desenvolvimento do futebol, o técnico Fábio Capello, com passagens pelos maiores times do mundo, contou diversas histórias dos clubes em que passou e fez observações sobre atletas atuais. Criticou a capacidade de marcação de David Luiz, ironizou a tentativa de Seedorf de mandar no time e contou bastidores do Real Madrid.

Entre os times que dirigiu, estão Milan, Real Madrid, Juventus e Inglaterra, entre outros. Foi campeão Espanhol duas vezes, quatro vezes do Italiano e uma da Liga dos Campeões. Veja as histórias que contou.

Conflito com Seedorf

"No intervalo, não quero que os jogadores conversem. Quero que façam massagem, outra coisa. Não querem que fale do jogo. É algo útil para mim também para minha intervenção. Às vezes, você tem que gritar. Uma vez estava no vestiário e tinha um jogador Seedorf, que tinha 20 anos e eu tinha trazido da Sampdoria. E vocês sabem os holandeses "eles inventaram o futebol, não foram os brasileiros". Ele (Seedorf) disse que tinha que fazer assim e assado. Dei meu paletó para ele e falei: "Agora vocês têm outro treinador. Agora mudou o técnico." Aí eles entenderam quem mandava."

Vazamentos no Real

"Quando trabalha na Espanha e vai treinar Real Madrid, você entra no Real Madrid entende que está respirando o ar do time mais poderoso do mundo. Eles estão convencidos disso. Cheguei lá e fui para um restaurante. Havia senhoras acompanhando, primeira vez que nos encontramos, falei: "Vamos manter o assunto entre nós, não quero pessoas estranhas se metendo entre nós." "Claro, claro". Terminamos de jantar. No dia seguinte, jornais publicam tudo que tínhamos conversado. Era algo privado. Aí começaram a subir as barreiras."

O capitão da Inglaterra

(Fala sobre situação em que John Terry foi tirado de capitão da seleção por causa da acusação de racismo) "No contrato, quem escolhe o capitão sou eu. Olha bem, senhor presidente, "Na primeira coletiva vou dizer que foi decisão do conselho e não estou de acordo. Terry ainda precisa ser julgado e vocês decidiram que ele já é culpado." Nós apertamos as mãos e eu sai da seleção. Uma seleção que cedeu à pressão da mídia mudou. Saiu a decisão do tribunal e disse que ele não era culpado. Na Inglaterra, há uma pressão jornalística muito grande."

Esquema do Chelsea

Capello desenha no quadro a formação do Chelsea com cinco defensores. Explica por que o time não poderia jogar com quatro jogadores atrás. Cita por nome os jogadores da defesa do time inglês e aponta para David Luiz:  "Esse cara não sabe marcar. Nunca vão ganhar um jogo. Deixaram ele como um líbero" Depois, Capello afirma que David Luiz sabe sair jogando o que facilitava para que pudesse atuar como líbero no esquema de Antonio Conte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos