Ernando falha em "última chance" e sobe ao topo em lista de saídas do Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    Ernando ganhou força para deixar o Inter após falha em vice-campeonato do Gauchão

    Ernando ganhou força para deixar o Inter após falha em vice-campeonato do Gauchão

Ernando recebeu sua 'última chance'. E não passou no teste. O defensor foi escalado como lateral esquerdo na final do Gauchão e, quando poderia melhorar o status com a torcida, acabou piorando tudo de vez. Marcou um gol contra, saiu no intervalo e subiu ao topo da lista de jogadores a serem negociados pelo Inter.

Se já era perseguido pelos aficionados com vaias e pichações no início da temporada, agora a situação é ainda pior. Além dos reflexos da queda para segunda divisão no ano passado, em que foi titular durante toda a temporada, Ernando ganhou o peso do gol contra que abriu caminho para o vice-campeonato gaúcho.

Foi aos 21 minutos do primeiro tempo. Um cruzamento pouco pretensioso acabou cortado para o lado errado. E o jogador, que estava improvisado exatamente pela capacidade na bola aérea, por meio dela marcou na própria meta. O Inter empatou e acabou caindo nos pênaltis.

Na partida, ele já não tinha bom rendimento. Sem ser alternativa no setor ofensivo ou mesmo mostrando capacidade de conter o ataque rival, travou a saída de bola e acabou sacado ao fim do primeiro tempo.

Falhas durante todo ano

Não foi a primeira vez que Ernando foi mal no ano. Nas oportunidades que recebeu no começo da temporada, errou repetidamente. Tanto que perdeu espaço para Paulão, Ortiz, Klaus, Cuesta e ocupava o quinto lugar na fila por vaga na equipe.

"O Ernando vinha jogando como lateral por seis meses na Libertadores de 2015. Não gosto de improvisar, mas foi necessário dentro do que pensávamos do jogo", resumiu o técnico Antonio Carlos. "São jogadores do elenco do Inter e que enquanto forem do nosso elenco eu vou colocar para jogar quando entender necessário", completou.

A reportagem do UOL Esporte apurou que até então não houve qualquer proposta por Ernando, mas a direção do Internacional está disposta a negociar o jogador. Com vínculo até o fim de 2019, a ideia é emprestar o atleta. Fora do Inter, talvez ele retome o melhor futebol e tenha paz sem a marca de ter falhado na derrota na final do Gauchão e participado da trajetória que levou ao rebaixamento.

O empresário do atéta, o ex-atacante Roni, está autorizado a apresentar ofertas por ele. Contudo, evita falar sobre o futuro e nos próximos dias deve dar alternativas para saída do Internacional.

O Colorado passa por um processo de reformulação para a Série B. Eduardo e Andrigo fecharam com o Atlético-GO, Eduardo Henrique foi para o Atlético-PR, Seijas está próximo de ser confirmado na Chapecoense e mais uma série de jogadores devem ser cedidos a outras equipes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos